Economia

Governo reduz projeção de déficit e pode desbloquear R$ 4,8 bi do Orçamento

Por Fast Trade
24 maio 2021 - 07:30 | Atualizado em 24 maio 2021 - 10:07
Monitor do PIB recua 0,4% em fevereiro, diz FGV

O governo federal melhorou a previsão do rombo das contas públicas em 2021 a partir do relatório bimestral de avaliação do Ministério da Economia.

+ Relatório: alocação de recursos

Segundo o secretário especial de Fazenda, Bruno Funchal, a revisão para cima das estimativas de receita primária e para baixo as de despesas primárias elevaram a projeção do governo para o resultado primário no ano corrente.

Assim sendo, a expectativa passou de déficit de 3,5% do PIB na edição anterior do relatório para um déficit de 2,2% do PIB. Desse modo, o déficit primário deve marcar R$ 187,7 bilhões, abaixo da meta de resultado primário de déficit de R$ 247,1 bilhões.

Ademais, a projeção é que o resultado permita o desbloqueio de R$ 4,8 bilhões dos recursos contingenciados em abril. Vale destacar que o governo vetou R$ 19,8 bilhões e ainda bloqueou R$ 9,3 bilhões do Orçamento de 2021.

Pensado para orientar a execução do Orçamento, o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias é elaborado a cada dois meses.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Em suma, o documento da Secretaria Especial de Fazenda do Ministério da Economia traça cenários da parcela do Orçamento que pode ser bloqueada ou liberada.

Como resultado, o relatório divulgado na sexta-feira (21) abre caminho para a recomposição da verba para ministérios e órgãos afetados pelo Orçamento aprovado recentemente.

Antes de mais nada, leia outros destaques relacionados ao governo e mais:

Dólar avança a R$5,35 de olho nos indicadores dos EUA e na diretriz do Fed

Marfrig aproveita o bom momento da BRF e eleva sua posição em ações

Empresas de capital aberto lucram 245% a mais no primeiro trimestre (A/A)

Dividendos de Odontoprev (ODPV3), Eztec (EZTC3) e Petz (PETZ3)

Camex prorroga tarifa zerada de produtos para combate à covid-19 até o fim do ano

Monitor do PIB estima alta de 1,7% da atividade econômica no 1º trimestre

Deputados aprovam MP que viabiliza desestatização da Eletrobras

Infraestrutura estima R$ 260 bilhões em investimentos privados até fim de 2022


Sobre o autor