Política

Governo federal leiloa 22 aeroportos e arrecada R$ 3,3 bilhões

Por Fast Trade
08 abril 2021 - 07:30 | Atualizado em 08 abril 2021 - 09:51
AZUL4; GOLL4

O governo federal arrecadou R$ 3,302 bilhões em leilão de aeroportos realizado na quarta-feira (7), na B3. No total, foram concedidos 22 aeroportos em 12 estados e o certame atraiu interessados para todos os 3 blocos: Norte, Sul e Central.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

De acordo com o Ministério da Infraestrutura, o ágio médio da concorrência foi de 3.822%. Isso representa uma arrecadação R$ 3,1 bilhões superior ao mínimo fixado pelo edital para o valor de contribuição inicial (R$ 186,2 milhões).

Em primeiro lugar, a Companhia de Participações em Concessões, parte do grupo CCR, arrematou o bloco Sul, por R$ 2,1 bilhões.

Assim também, a subsidiária, que já atua na concessão do aeroporto de Confins (MG), levou o lote Central, por R$ 754 milhões. Nesse sentido, os lances representam, respectivamente, ágio de 1.534% e 9.156% em relação aos lances mínimos.

Por sua vez, a Vinci Airports, que opera atualmente o aeroporto de Salvador, arrematou o bloco Norte por R$ 420 milhões. A operação registrou um ágio de 777% sobre o preço mínimo estipulado previamente.

+ Guia completo para obter sucesso nas operações de Day Trade

Ao todo, 7 concorrentes participaram do certame, realizado na sede da Bolsa de Valores brasileira, em São Paulo. Conforme estimado pelo governo federal, o investimento total nos 22 aeroportos deve chegar a R$ 6,1 bilhões em 30 anos de concessão.

Os blocos leiloados pelo governo federal

Com lance mínimo estipulado em R$ 47,9 milhões, os componentes do bloco Norte estão situados em: Manaus (AM), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Tabatinga (AM), Tefé (AM) e Boa Vista (RR).

Já no bloco Sul, o valor mínimo era de R$ 103,2 bilhões, ao passo que o lote era composto pelos terminais em: Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Navegantes (SC), Londrina (PR), Joinville (SC), Bacacheri (PR), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS).

+ Derivativos: o guia definitivo para começar a investir 

Por fim, o edital havia fixado um lance mínimo de R$ 8,1 milhões para o bloco Central, composto pelos aeroportos em: Goiânia (GO), São Luís (MA), Teresina (PI), Palmas (TO), Petrolina (PE) e Imperatriz (MA). O lance mínimo era de R$ 8,1 milhões.

Hoje (8), o governo federal leiloará a concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol 1), no trecho que percorre de Ilhéus a Caetité, na Bahia. Estimativa é de investimentos de R$ 3,3 bilhões em 35 anos de concessão.

Leia também: Comércio varejista deve ser menos impactado em nova rodada do auxílio emergencial


Sobre o autor