Política

Governo disputa futuro das medidas para conter o preço da gasolina; risco fiscal preocupa

Por Fast Trade
15 março 2022 - 11:42 | Atualizado em 15 março 2022 - 12:30
Arthur Lira

O presidente Jair Bolsonaro está articulando apoio político para segurar os preços dos combustíveis, sobretudo, da gasolina, principalmente agora, após o reajuste da Petrobras. No sábado (12), ele já havia declarado a intenção de zerar os impostos federais sobre a gasolina, o que tem custo aos cofres públicos de quase R$ 27 bilhões.

Sendo assim, o presidente foi claro em sua discordância com a equipe econômica do governo. Um projeto de lei complementar pode ser encaminhado por Bolsonaro para impedir que todo reajuste da Petrobras chegue ao consumidor final.

+ Guia do investidor iniciante – Baixe agora!

Além disso, o líder do executivo pretende aumentar o vale-gás, passando do subsídio de 50% do botijão de 13 quilos para 100% de subsídio para as famílias de baixa renda. Tal medida teria um impacto de R$ 1,9 bilhão na receita da União, de acordo com o Ministério da Economia.

Com efeito, além dos custos dos programas e a baixa eficiência dos mesmos, a equipe econômica se preocupa também com a incapacidade futura de reverter as políticas. Depois de aplicados os programas, embora o cenário macroeconômico possa melhorar, com o encerramento da guerra na Ucrânia, por exemplo, o custo político de retirar os programas seria muito alto.

Concessão de subsídios

O Ministério da Economia prefere, caso não haja saída, a concessão de subsídios para as populações mais pobres, como é o caso do Auxílio Brasil ou a bolsa-caminhoneiro. Contudo, esse tipo de programa pode não ser viável por causa do ano eleitoral e da lei eleitoral.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Bolsonaro aumenta a pressão pela desoneração da gasolina e também pelos subsídios. Ele prefere o último, porque recebeu a informação que o corte dos impostos dificilmente é repassado integralmente ao consumidor, o que faz da medida pouco eficiente na redução dos preços finais, seu objetivo político. Todos esses movimentos, todavia, aumentam os riscos fiscais e chamam a atenção dos investidores.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

Governo disputa futuro das medidas para conter o preço da gasolina; risco fiscal preocupa

Leia também:

Sob o impacto de efeitos não-caixa, Neogrid divulga prejuízo de R$ 2,3 milhões no 4ºT


Sobre o autor