HomePolítica

Governo de Bolsonaro ‘herda’ plano de concessões que pode ajudar o seu mandato decolar

Por Pablo Vinicius Souza
17 dezembro 2018 - 14:27

Equipe do atual governo, chefiado por Michel Temer, encheu a prateleira de projetos avançados de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, fato que pode ser muito favorável ao futuro governo de Jair Bolsonaro, que assumirá a partir de 1º de janeiro de 2019 e já prometeu mais investimentos privados aos respectivos setores.

Embora os planos do presente governo tenham sido ambiciosos, não houve tempo para executá-los por completo. O lado positivo e o que mais deve despertar a expectativa de Bolsonaro e sua equipe é que os principais caminhos para libertação e execução (como as discussões de modelagem com empresas interessadas, elaboração de estudos, realização de audiência pública e análise do Tribunal de Contas da União) já foram trilhados.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

Para alguns especialistas, esse material pode ser considerado como um presente para o governo do presidente eleito pelo fato de que ainda no primeiro trimestre do ano, Bolsonaro pode vir a bater o martelo no mês de março em três grandes leilões herdados da atual gestão: 12 aeroportos, quatro terminais portuários e um trecho de 1.537 quilômetros da Ferrovia Norte-Sul entre Porto Nacional (TO) e Estrela D’Oeste (SP). Segundo o Valor Econômico, esses projetos devem resultar em investimentos de R$ 6,4 bilhões durante o período dos contratos e são considerados testes muito importantes para a gestão do novo governo, uma vez que, pela primeira vez, serão licitados blocos de aeroportos, misturando ativos lucrativos e deficitários em três lotes diferentes, em vez de ofertas individuais.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Outro ponto positivo destacado pelos analistas é que este cenário se configura em um ambiente favorável aos operadores que têm amplo domínio de implantação de projetos, com conhecimento de quais e onde estão os desafios e oportunidades (em especial nas áreas de rodovias e mobilidade urbana) e que já estão estabelecidos no Brasil.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

Com a escolha de Tarcísio Gomes de Freitas, engenheiro, para liderar o ministério da Infraestrutura, o mercado entendeu que os planos de novas concessões devem ganhar certa prioridade a partir de 2019. Nos últimos dois anos e meio, época em que atuou como secretário do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Freitas se destacou como um dos principais interlocutores do Palácio do Planalto com o setor privado e é considerado um exímio especialista, destituído de dogmas, bastante estudioso, criativo nas soluções técnicas e, em concordância com uma das principais vertentes do governo de Bolsonaro, aberto ao capital externo.

Relatório gratuito: 7 passos para suas finanças ficarem no azul


Sobre o autor