HomePolítica

Governo Bolsonaro vê avaliação positiva recuar para 31% e negativa avançar, diz CNI/Ibope

Por Bruna Santos
26 setembro 2019 - 10:37

A avaliação positiva do governo Bolsonaro contraiu, ao passo que a negativa avançou, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada na véspera (25).

Desse modo, os dados levantados de setembro indicam uma parcela maior entre aqueles que veem a administração de forma negativa.

A avaliação ótima/boa do governo, por exemplo, passou para 31% neste mês, ante 32% registrados em junho.

De acordo com o levantamento do Ibope, encomendado pela Confederação Nacional da Indústria, a avaliação de ruim/péssima foi a 34%.

Anteriormente, a categoria havia registrado 32%. Com margem de erro de 2 pontos percentuais, a regular permaneceu em 32%.

O relatório aponta que a forma de governar do presidente Jair Bolsonaro é desaprovada por 50% dos entrevistados, ante 48%.

Em contrapartida, 44% dos consultados aprovam, em comparação com os 46% registrados na pesquisa anterior, realizada em junho.

A pesquisa mostrou ainda que 55% dos pesquisados não confiam em Bolsonaro, ante os 51% que afirmavam não confiar em junho. Os que confiam somam 42%, ante 46%.

O Ibope ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios entre os dias 19 e 22 deste mês.

Neste levantamento realizado com 2 mil pessoas em 126 municípios entre os dias 19 e 22 deste mês, a expectativa de que o governo seja ótimo ou bom nos próximos três anos contraiu de 39% para 37%. Por outro lado, 31% dos entrevistados esperam que o restante do mandato do governo Bolsonaro será ruim ou péssimo, contra 29% registrados em junho.

Esse levantamento confirma a tendência de piora na popularidade do presidente mostrado em outras pesquisas, como no Datafolha.

Por fim, a pesquisa CNI/Ibope avaliou áreas do governo e a segurança pública continua em primeiro lugar, com aprovação de 51%.

Posteriormente, vem educação (44%), combate à inflação (42%) e meio ambiente (40%).


Sobre o autor