Política

Governo abre crédito extraordinário de R$ 5,5 bi para custear vacinas contra Covid-19

Por Fast Trade
11 maio 2021 - 07:00 | Atualizado em 11 maio 2021 - 07:30
governo-libera-crédito-para-vacinas

O governo abriu crédito extraordinário de R$ 5,5 bilhões com o objetivo de custear a produção e a distribuição de vacinas contra a Covid-19.

A medida provisória foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro na segunda-feira (10) e publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

+ Calendário do Trader 2021

De acordo com o comunicado do governo, parte desse recurso, cerca de R$ 1,68 bilhão, será repassado diretamente para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Desse modo, a expectativa é garantir a compra de 50 milhões de doses de vacina Covishield, produzida pela farmacêutica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford.

Além disso, R$ 3,82 bilhões devem ser usados na compra de mais de 100 milhões de doses de vacina, conforme informou o governo.

Assim também, os recursos devem cobrir outras despesas associadas à imunização, segundo a nota emitida pelo governo.

Compromisso com a saúde e responsabilidade fiscal

Recentemente, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, reiterou o compromisso do governo federal com a saúde e com a responsabilidade fiscal.

Ao participar da audiência pública extraordinária conjunta realizada na Câmara dos Deputados, celebrada na última terça-feira (4), ele disse que “não somos uma geração de irresponsáveis, que faz uma guerra e joga os custos para os filhos e netos”.

+ Relatório: alocação de recursos

Nesse sentido, o ministro reforçou que “uma nação é muito mais do que um acordo entre contemporâneos”, mas também “um pacto entre gerações”.

Ele já havia dito anteriormente que “nós temos responsabilidade com as gerações futuras”. Na ocasião da audiência pública, Guedes ainda citou que “na medida necessária dentro desse duplo compromisso”, ou seja, com a saúde e responsabilidade fiscal, serão destinados “mais R$ 44 bilhões para o Auxílio Emergencial”.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Outros R$ 20 bilhões, segundo ele, seriam destinados para as vacinas. O valor aprovado pelo governo na véspera deve fazer parte dessa estimativa.

+ Guia Completo de como ter sucesso no Day Trade

Ademais, o ministro mencionou que R$ 10 bilhões podem ser atribuídos para a renovação do BEm (Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda), ao passo que R$ 5 bilhões podem ser destinados para o Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte).

Por fim, Guedes elencou iniciativas do governo que considera terem sido essenciais no enfrentamento à pandemia. Veja aqui quais são.

Antes de mais nada, leia outros destaques além do crédito anunciado pelo governo:

Dólar fecha a R$5,22 em semana de agenda cheia no cenário político

Demanda para voos (RPK) da Gol (GOLL4) dispara 289,2% em abril

Lucro da Neoenergia (NEOE3) dispara 75% e chega a R$ 1 bilhão no 1º trimestre

Banco do Brasil (BBAS3) lucra R$ 4,9 bilhões no primeiro trimestre (+44,7% A/A)

Azul (AZUL4) amarga prejuízo líquido de R$ 2,6 bilhões no primeiro trimestre

Lucro da Ambev soma R$2,73 bilhões no 1T21, alta de 125,7%


Sobre o autor