Ações

Goldman Sachs fala sobre perspectiva para a bolsa em 2022

Por Fast Trade
27 dezembro 2021 - 05:51 | Atualizado em 27 dezembro 2021 - 08:36
Lucro do Goldman Sachs no Brasil recua quase 56% no 1º semestre

Em entrevista concedida ao Valor, Juliano Arruda, diretor de renda variável para América Latina do Goldman Sachs, falou sobre as perspectivas para a bolsa em 2022. Em resumo, o cenário não é favorável para a renda variável, com exceção de alguns setores específicos.

O diretor inicia seu discurso falando sobre os riscos externos. Ele aponta para a diminuição global das políticas de estímulos monetários e fiscais nas principais economias do mundo.

+ O que ninguém te conta sobre os investimentos em ações

De acordo com ele, o Federal Reserve (FED) fará três aumentos dos juros no próximo ano. Além disso, os pacotes de investimentos serão cada vez mais difíceis de serem aprovados.

“Para mercados emergentes, em geral, por ser um cenário de aperto monetário global, os investidores estarão dispostos a pagar múltiplos mais baixos pelas ações”, afirma Arruda.

Para os papéis brasileiros as ações mais ligadas à economia doméstica serão aquelas que mais sofrerão. Ainda nesse sentido, o diretor explica que tivemos nas últimas semanas sucessivas revisões para baixo de projeções do crescimento do PIB nos próximos anos.

Setor de commodities

Embora o indicador Preço/Lucro dos papéis da B3 estejam indicando que as ações brasileiras estão baratas, o diretor ressalta que é preciso fazer uma análise mais detalhada do número.

“Uma conta que a gente faz é que, nos últimos dez anos, na média, as empresas de commodities contribuíram com alguma coisa próxima de R$ 7 bilhões ou R$ 8 bilhões por ano para os lucros da bolsa. Neste último ano, esse valor foi de R$ 35 bilhões”, disse o Arruda.

Ou seja, o setor específico de commodities é responsável pelos altos ganhos. Com efeito, a visão oficial do banco é que o superciclo continue por mais algum tempo. Dessa forma, as ações do setor são promissoras na bolsa.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Outro fator que impulsiona a retirada de recursos da renda variável é o aumento da taxa de juros que deixa os ativos de renda fixa mais atrativos. Dessa maneira, os investidores passam a exigir mais pelo risco do que em outros momentos.

Por fim, Arruma afirma que a projeção do Goldman Sachs para o Ibovespa em 2022 é de 116 mil pontos. “Ela [a projeção] assume uma expansão de múltiplo de 4% — o que é praticamente nada. Então, uma expansão de múltiplo de 4% e uma melhora nos lucros de 6%, como assume a estimativa, não significa tanta coisa”, afirma o diretor.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Goldman Sachs fala sobre perspectiva para a bolsa em 2022

Leia também:

Cyrela vende imóveis em São Paulo à HBR por R$ 284,7 milhões

Unifique anuncia a aquisição da Guaíba Tecnologia por R$ 47,5 milhões


Sobre o autor