EmpresasHome

Gol e Elliott querem que proposta da Azul por Avianca seja interrompida

Por Pablo Vinicius Souza
21 maio 2019 - 10:25
Embraer e Boeing

A companhia aérea brasileira Gol e o fundo norte-americano de hedge Elliott Management, se opõem ao novo plano da Azul.

Com a finalidade de adquirir algumas das rotas operadas pela Avianca Brasil, a Azul entrou recentemente com um pedido oficial.

Primeiramente, a operação está avaliada em US$ 145 milhões, todavia, as respectivas empresas mencionadas querem suspender o ato.

Para isso, pediram pela intervenção do juiz responsável pelo processo de recuperação judicial da Avianca, de acordo com o Estado.

Embora a decisão final sobre o plano de recuperação da Avianca caiba à Justiça, o Elliott quer que o tribunal desconsidere a proposta da Azul e mantenha o plano da empresa intacto.

Leia mais:

Saiba quais são os principais compromissos econômicos globais para esta terça-feira

Reforma da Previdência: Bolsonaro muda tom, faz aceno ao Congresso e lança campanha

Reforma tributária: projeto deve ser votado amanhã na Comissão de Constituição e de Justiça

Bolsonaro se prepara para atos pró e contra governo; ‘Brasil acima de tudo’ e ‘Direitos Já’

Contingenciamento: próximo bloqueio no Orçamento deve ser inferior a R$ 5 bilhões

Bolsonaro anistia partidos políticos de multas aplicadas pela Receita Federal

Em viagem oficial à China, Mourão busca investidores e fala de sistema fiscal e privatizações

Decreto de armas: Taurus afirma que medida libera venda de fuzil para população civil


Sobre o autor