Empresas

Gerdau (GGBR4) planeja investir R$ 3,5 bilhões em 2021

Por Fast Trade
24 fevereiro 2021 - 10:39 | Atualizado em 24 fevereiro 2021 - 12:59
A Gerdau acertou a compra de 96,4% da Siderúrgica Latino Americana, a Silat, por US$110,8 milhões hoje, em um movimento para crescer na produção e distribuição de laminados no Brasil, onde domina o mercado de aços longos.

A Gerdau (GGBR4) atualizou sua estimativa de investimentos para 2021, uma vez que os recursos de 2020 foram postergados em decorrência da pandemia.

+ Guia do Investidor Iniciante: acesse o material gratuito.

Desse modo, a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo planeja investir R$ 3,5 bilhões no ano corrente, ante a previsão anterior de R$ 2,6 bilhões.

Além disso, o plano de investimentos de R$ 6 bilhões de desembolso para o período de 2019-21 passou a ser de R$ 6,9 bilhões.

“Uma vez que a capacidade da companhia investir está diretamente relacionada à sua geração de fluxo de caixa livre, que tem tido um desempenho bastante favorável, a companhia aprovou uma revisão de seu plano”, diz a Gerdau em comunicado assinado pelo Diretor Vice-Presidente e Diretor de Relações com Investidores, Harley Lorentz Scardoelli.

Ademais, o conselho de administração da Gerdau aprovou ontem (23) a distribuição de dividendos sob a forma de juros sobre capital próprio.

No total, a Companhia prevê o pagamento de R$ 221,2 milhões, a serem pagos como antecipação do dividendo mínimo obrigatório do ano passado.

Conforme estipulado pela empresa, será pago R$ 0,13 por ação em 25 de março. Para ter direito a esses proventos, será preciso estar posicionado em 11 de março de 2021. Posteriormente, os papéis serão negociados “ex-dividendos” a partir do dia 12.

No entanto, esses não serão os únicos proventos distribuídos pela Gerdau. Em 08 de dezembro de 2020, o conselho da Companhia já havia aprovado a distribuição de R$ 289,2 milhões (R$ 0,17 por ação). O provento também será pago em 25 de março para os acionistas que estavam posicionados em 21 de dezembro de 2020.

+ Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Lucro da Gerdau sobe 939% no quarto trimestre

Além de revisar seu plano de investimentos para 2021, a siderúrgica anunciou seu resultado referente ao 4T20 e 2020. Entre outubro, novembro e dezembro de 2020, a Gerdau lucrou R$ 1,05 bilhão e disparou +939% ante o 4T19 (R$ 102 milhões).

Como resultado, a Companhia acumulou um lucro de R$ 2,38 bilhões de janeiro a dezembro, alta de 96%.

Ao mesmo tempo, a siderúrgica reportou uma receita líquida de R$ 13,62 bilhões no último trimestre do ano passado. O resultado representa um avanço de 43% no comparativo anual e elevou o faturamento da empresa para R$ 43,81 bilhões (+11% A/A).

Segundo a Gerdau, “a receita líquida do quarto trimestre acompanhou o crescimento do volume de vendas de aço no período”.

+ Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade: baixe gratuitamente!

Já o lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) disparou 194% na passagem do 4T19 para o 4T20.

Assim, o indicador fechou o ano em R$ 3,25 bilhões, segundo o release de resultados. Em 2020, o Ebitda da Gerdau somou R$ 7,69 bilhões, +46% na comparação com o ano imediatamente anterior.

Operações

A operação brasileira da Gerdau foi destaque no 4T20 e a receita líquida no Brasil cresceu 43%, para R$ 5,78 bilhões. Com isso, o faturamento no Brasil chegou a R$ 17,75 bilhões (+10% A/A).

Por fim, acesse a íntegra das informações consolidadas da Gerdau e veja mais detalhes da performance da siderúrgica em 2020. Continue acompanhando o portal Fast Trade para outros destaques corporativos e financeiros.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader: baixe gratuitamente!


Sobre o autor