Empresas

Gerdau e Petrobras assinam contrato inédito de fornecimento de gás natural

Por Fast Trade
14 setembro 2021 - 06:42 | Atualizado em 14 setembro 2021 - 08:40
A Gerdau acertou a compra de 96,4% da Siderúrgica Latino Americana, a Silat, por US$110,8 milhões hoje, em um movimento para crescer na produção e distribuição de laminados no Brasil, onde domina o mercado de aços longos.

Na véspera, Gerdau (GGBR3; GGBR4) e Petrobras (PETR3;PETR4) divulgaram um contrato inédito de fornecimento de gás natural no ambiente livre de comercialização.

A siderúrgica, dessa forma, receberá diretamente da Petrobras o gás natural que atenderá à unidade de Ouro Branco (MG). O início do fornecimento, por sua vez, está previsto para o dia 1º de janeiro de 2022.

O valor do contrato, bem como a quantidade, não foram divulgados pelas empresas. A Gerdau, contudo, afirmou que as condições comerciais são “mais aderentes” ao seu negócio.

+ Estratégias Long & Short: Saiba como operar!

“Esperamos um ganho em relação ao fornecimento da tarifa regulada. Entretanto, o resultado final ainda dependerá das condições do contrato de uso da rede das distribuidoras estaduais, caso a caso, e do comportamento dos índices internacionais”, afirmou Marcos Prudente, gerente de energia e gás natural da Gerdau.

Sendo assim, esse é o primeiro acordo de mudança de um cliente do mercado cativo para o ambiente livre de comercialização. Segundo as empresas, representa, portanto, um marco na abertura do mercado de gás natural.

Possíveis outros contratos

A Gerdau usa o gás natural no processo de laminação de aço. Além disso, ele é aplicado em outros processos. Questionada sobre sua demanda, a companhia, por motivos estratégicos, decidiu não responder. Afirmou, todavia, que é comparada a distribuidoras estaduais de médio porte.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Prudente disse ainda que a siderúrgica avalia a viabilidade de outros contratos no mesmo sentido em outros estados. Já em relação aos acordos fora do sistema Petrobras, o gerente apontou apenas que a empresa tem sido ativa no mercado.

Por outro lado, a Petrobras afirmou que suprirá a demanda da Gerdau por meio do seu “portfólio com fontes diversas de suprimento”. Finalmente, a companhia disse ainda que existem outras negociações em vista. A empresa as publicará no “momento oportuno”.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Gerdau e Petrobras assinam contrato inédito de fornecimento de gás natural

Leia também:

Estados e DF entram na justiça contra Petrobras por “propaganda enganosa”

Ibovespa avança 1,9% refletindo o clima de pacificação entre os poderes

Dólar cai a R$5,22 com foco nas movimentações em Brasília


Sobre o autor