Mercados

Futuros de petróleo recuam mais de 2% de olho na produção do Irã

Por Fast Trade
20 maio 2021 - 18:15 | Atualizado em 20 maio 2021 - 20:59
Petróleo_EUA_China

Os contratos futuros de petróleo encerraram em queda nesta quinta-feira (20), refletindo a produção do Irã que, em breve, pode voltar ao mercado.

Isto porque, há relatos de progresso nas negociações entre Teerã e as demais potências globais detentoras de armas nucleares. Com o avanço nas tratativas, é provável que o país retome volte a comercializar óleo bruto, após a suspensão das sanções anteriormente impostas.

Desse modo, a commodity contabilizou o terceiro pregão consecutivo de perdas, atingindo o nível mais baixo desde abril.

No fechamento, as cotações do petróleo Brent/julho caíram 2,32% no preço de US$61,94 o barril, negociado na ICE de Londres. Já os preços do WTI/junho recuaram 2,06% no valor de US$62,06 o barril, vendido na Bolsa de Nova York.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Não é de agora que as autoridades da União Europeia estão confiantes de que o grupo conseguirá a adesão do Irã ao novo acordo nuclear. Com isso, o mercado estará livre para o país ampliar a distribuição de sua produção, que é uma das maiores da região.

Ao mesmo tempo, o presidente americano, Joe Biden, sinalizou o desejo de restabelecer o antigo acordo, visando fortalecer as relações entre os países e promover um ambiente de ajuda mútua.

De acordo com a Capital Economics, caso se confirme que o Irã voltará ao pacto nuclear, a suspensão das sanções provavelmente trará forte pressão aos preços do barril. À medida que a produção iraniana aumentar, a tendência é de elevação nas exportações e, consequentemente, nos níveis de oferta global.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Futuros de petróleo recuam mais de 2% de olho na produção do Irã

Leia também:

Criptomoedas ensaiam recuperação após registrarem perdas de US$1 tri

Dividendos da Odontoprev (ODPV3), EzTec (EZTC3) e Petz (PETZ3)

Camex prorroga tarifa zerada de produtos para combate à Covid-19 até o fim do ano


Sobre o autor