Mercados

Futuros de petróleo fecham em alta à espera da reunião da Opep+

Por Fast Trade
29 março 2021 - 17:55 | Atualizado em 29 março 2021 - 19:47

Os contratos futuros de petróleo encerraram em alta nesta segunda-feira (29), à espera da reunião da Opep+, que acontecerá no final da semana.

Em um cenário de dólar alto e notícias positivas sobre a liberação do Canal de Suez, os preços da commodity permaneceram em território positivo. Nesse sentido, depois de seis dias tentando desencalhar o navio, as equipes de resgate finalmente conseguiram fazer o porta-contêiner voltar a flutuar.

Apesar de ainda estar impedindo a navegação no Canal, a embarcação deve ser removida até quarta-feira, segundo informou a autoridade local. Fazendo uma sessão volátil, as cotações ganharam força após a declaração da Rússia de que apoiará uma ampliação dos cortes de produção até maio.

Embora o volume de óleo bruto produzido pelos russos registrou um pequeno aumento, o país é favorável à manutenção de baixos níveis de oferta.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

O petróleo Brent/maio subiu 0,63% na cotação de US$64,98 o barril, negociado na ICE de Londres. Já o WTI/maio avançou 0,96% no preço de US$61,56 o barril, vendido na Bolsa de Nova York.

Na visão dos analistas, as oscilações bruscas devem acontecer ao longo da semana, conforme se aproxima reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+).

Desse modo, a expectativa é que o cartel decida manter a redução dos níveis de produção, tendo em vista a piora da pandemia ao redor do mundo. Graças à esta estratégia, os preços do barril estão na faixa de US$60, um nível adequado às atuais negociações.

Por isso, é importante que os integrantes continuem aplicando a política de cortes, já que não é possível fazer uma projeção certa quanto à volta das atividades.

Covid-19 na Europa e a recuperação da demanda por petróleo

A terceira onda de contágio pelo Covid-19 vem pressionando diversos países europeus adotarem medidas de restrição, como lockdowns e quarentenas.

Acima de tudo, a demanda por combustíveis caiu no Velho Continente, uma vez que as pessoas estão ficando em casa para tentar conter a disseminação. Mesmo assim, no Reino Unido, o governo permitiu encerrar tais políticas, após a queda do número de mortes e novas infecções.

Guia completo para obter sucesso nas operações de Day Trade

Em contrapartida, França, Alemanha e Itália prorrogaram o lockdown até meados de abril, acreditando que até lá haverá uma redução das taxas de transmissão. As autoridades da União Europeia estão considerando impedir as exportações de vacina a outros continentes.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Contratos de petróleo fecham em alta à espera da reunião da Opep+

Leia também:

Peste suína africana beneficia expansão dos frigoríficos brasileiros na China

Cemig (CMIG4) apresenta lucro líquido de R$1,332 bilhão no 4T20

Oi (OIBR4) amarga prejuízo líquido de R$10,5 bilhões em 2020


Sobre o autor