EmpresasHome

Funcionários e ex-presidentes do BNDES protestam contra proposta de mudança no FAT

Por Eloiza Amaral
19 junho 2019 - 15:23

Funcionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) se reuniram na sede da instituição no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (19), para protestar contra mudança no Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), uma das principais fontes de renda do banco.

O ato contou com a participação dos ex-presidentes do banco José Pio Borges, Luciano Coutinho, Paulo Rabelo de Castro e Dyogo Oliveira, e de ex-diretores, como Vagner Bitencourt e Maurício Borges, além de representantes do Sindicato dos Bancários.

A proposta de mudança foi apresentada pelo relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), na última quinta-feira (13). Segundo o relatório, deveriam ser extintos os repasses do PIS e PASEP para o BNDES.

Atualmente, 40% dos recursos do FAT são usados pelo BNDES, para financiar investimentos no Brasil, que os devolve com juros. Os outros 60% são utilizados para pagamento de seguro desemprego e abono salarial. A proposta prevê reduzir o percentual repassado ao BNDES.

Segundo a Associação dos Funcionários do BNDES, o fim destes repasses impactaria diretamente no auxílio que o banco dá a projetos de desenvolvimento, como:

  • Perda de R$ 20 bilhões de recursos por ano para financiamentos do banco;
  • Inviabilização de R$ 410 bilhões em investimentos em 10 anos;
  • Menos 8 milhões de empregos em 10 anos.

Sobre o autor