Economia

FMI melhora projeção e estima declínio de 5,8% para economia brasileira em 2020

Por Fast Trade
06 outubro 2020 - 07:00 | Atualizado em 06 outubro 2020 - 07:28
economia brasileira

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reviu sua estimativa para a economia brasileira em 2020, que passou de contração de 9,1% para 5,8%.

Já para 2021, o órgão prevê um crescimento de 2,8%, segundo o informe periódico Artigo 4, publicação do fundo com informações sobre a economia brasileira.

De acordo com a Agência Brasil, o documento traz elogios ao governo do Brasil, sobretudo para programas de sustentação da renda como o auxílio emergencial.

Em contrapartida, o fundo adverteu para riscos os na administração da dívida pública, principalmente caso o teto federal de gastos venha a ser abolido.

Conforme o relatório, a distribuição do benefício emergencial para cerca de um terço da população nacional, atrelado a outros programas de estímulos, evitaram uma queda mais abrupta da economia brasileira após o forte choque da pandemia da covid-19.

Nesse contexto, o texto afirmou que a resposta energética em meio à crise “evitou uma recessão mais profunda e estabilizou os mercados financeiros”. Além disso, os efeitos da pandemia nos mais pobres e vulneráveis também foram amortecidos.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Riscos para a economia brasileira

Embora as perspectivas sejam positivas, bem como a aprovação à resposta das autoridades perante a crise, o FMI considera “altos e multifacetados” os riscos para a economia brasileira, como uma possível segunda onda de novos casos do coronavírus, por exemplo.

A perda de confiança dos investidores diante dos altos níveis da dívida pública também foram pontuados, bem como os impactos sociais do prolongamento da recessão. Nesse sentido, o FMI estima que o Brasil findará 2020 com cerca de 100% do PIB e se manterá em níveis parecidos no médio prazo.

Mesmo com os juros básicos da economia (Selic) em seu piso histórico (2% a.a.), a curva de juros do Brasil país permanece bastante inclinada. Essa informação consta no relatório, que destacou que a curva de juros do país está bastante inclinada, com juros de longo prazo em níveis altos.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Teto de gastos

Outro ponto tratado pelo Fundo Monetário Internacional foi a necessidade de reformas estruturais no médio prazo, para reduzir os gastos públicos e aumentar a produtividade.

Com isso, a entidade estima redução dos juros de longo prazo, bem como a diminuição dos riscos de que a dívida pública saia do controle.

Ainda de acordo com a Agência Brasil, o relatório aconselhou que o governo do Brasil mantenha a regra do teto de gastos.

Esse teto limita o crescimento das despesas federais à inflação e, na avaliação do FMI, é importante mantê-lo com o propósito de impedir a deterioração da confiança dos investidores no país e a elevação dos juros.

Vale destacar que o Ibovespa vinha sofrendo fortes pressões nos últimos dias, devido às incertezas fiscais. Ontem (5), contudo, o índice embalou em meio ao compromisso fiscal assumido por integrantes do governo.

Baixe agora: Guia do Investidor Iniciante

Vantagens em meio a uma recuperação lenta da economia brasileira

O Brasil ainda tem vantagens frente a outros países emergentes, apesar dos riscos que giram em torno da sua recuperação econômica.

Na avaliação do relatório, além de o país ter grandes volumes de reservas internacionais, bem como um sistema bancário sólido, há também um baixo nível de endividamento externo do país, impedindo a explosão da dívida pública por causa da alta do dólar.

Por fim, o FMI ponderou que levará tempo até que a economia e a renda recuperem seus respectivos níveis pré-pandemia, mesmo que alguns indicadores econômicos recentes já tenham feito exatamente isso.

Baixe gratuitamente: Dólar e Mini Dólar – Desvendando este mercado

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade


Sobre o autor