Mercados

Feriadão antecipado em SP pode afetar as negociações na B3

Por Bruna Santos
19 maio 2020 - 08:02 | Atualizado em 19 maio 2020 - 16:55
ações da B3; B3SA3

A aprovação do projeto de lei que autoriza antecipar os dois últimos feriados municipais de 2020 em São Paulo pode afetar as negociações na B3.

Para minimizar os impactos negativos nos mercados financeiro e de capitais, a Bolsa do Brasil negocia com as autoridades de SP e tenta manter suas operações durante o novo feriado.

Com a aprovação da proposta enviada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), os feriados de Corpus Christi (celebrado em junho) e o dia da Consciência Negra (20 de novembro) serão antecipados para esta quarta (20) e quinta-feira (21), respectivamente.

A sexta-feira (22) seria dia de ponto facultativo. Esse feriado prolongado tem como propósito aumentar o índice de isolamento social na capital.

No estado, o governador João Doria (PSDB), procura antecipar até mesmo o feriado estadual de 9 de julho, que lembra a Revolução Constitucionalista. Desse modo, o feriado prolongado se estenderia até a próxima segunda-feira (25). Essa mudança, contudo, ainda não foi aprovada.

Sem a liberação, as negociações na B3 até o final desta semana serão comprometidas, após o Ibovespa fechar com maior alta em 6 semanas.

Em comunicado, a Bolsa de Valores do Brasil avaliou ser possível cumprir sua função de infraestrutura crítica e serviço essencial de modo seguro. Por fim, a B3 destacou que seu trabalho remoto atualmente chega a 95% de seus funcionários, tornando possível a continuidade das operações.


Sobre o autor