Economia

Fed mantém juros próximos de zero e vê efeitos temporários da inflação

Por Fast Trade
28 abril 2021 - 16:15 | Atualizado em 28 abril 2021 - 21:32

Em sua decisão de política monetária, o Federal Reserve manteve a taxa de juros dos EUA nos patamares próximos de zero.

Nesse sentido, a instituição deixou a taxa de curto prazo no intervalo entre 0% e 0,25% ao ano, visando estimular a economia do país. No comunicado, os dirigentes argumentaram que é preciso mais evidências da recuperação da atividade, antes de adotar o relaxamento das medidas.

Ao mesmo tempo, os dirigentes argumentaram que o mercado de trabalho se fortaleceu, apesar do aumento na inflação do período. No entanto, eles alegaram que este movimento de alta se deve a fatores temporários, que não devem se estender ao longo do ano.

“A inflação subiu, refletindo em grande parte fatores transitórios. As condições financeiras gerais permanecem acomodatícias, em parte refletindo medidas de política para apoiar a economia e o fluxo de crédito para famílias e empresas dos EUA” – disse o comunicado.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

O Fed também manteve as compras mensais de ativos privados no valor de US$120 bilhões, assegurando a continuidade da atual estratégia de aplicação de estímulos.

“Em meio ao progresso da vacinação e do forte apoio da política monetária, os indicadores da atividade econômica e de emprego se fortaleceram” – explicou o comunicado.

Apesar disso, a instituição considera que há riscos para a perspectiva econômica, não apenas em relação à pandemia, mas também em relação a outros fatores. Até porque, a atual conjuntura ainda não mostrou uma recuperação efetiva, nos moldes que o mercado está esperando.

Perspectivas sobre a economia um dia antes da prévia do PIB

Apesar de manterem o tom otimista, os dirigentes sabem que o avanço da economia dependerá do desempenho do governo no combate à pandemia. Isto porque, a crise sanitária afeta diretamente as atividades, implicando no aumento dos riscos à recuperação.

Vale lembrar que a decisão do Fed acontece um dia antes do Departamento do Comércio divulgar a prévia do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos.

Relatório: alocação de recursos

De acordo com as projeções do mercado, o país deve registrar um crescimento de 6,5% no primeiro trimestre de 2021.

Na visão dos dirigentes do Fed e dos especialistas, a maior economia do mundo deve apresentar o melhor desempenho desde 1984.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Fed mantém juros próximos de zero e vê efeitos temporários da inflação

Leia também:

Vale (VALE3) é a maior empresa da América Latina, mostra Economatica

Reforma administrativa pode ser aprovada em 2021, diz secretário da Economia

Dividendos de Localiza (RENT3), Eletrobras (ELET6) e Santander (SANB11)


Sobre o autor