Agronegócio

Exportações de soja alcançarão 13,79 milhões de toneladas em março

Por Fast Trade
08 março 2021 - 16:16 | Atualizado em 08 março 2021 - 18:09
Agricultor-agronomo-agronegócio-campo-de-soja
Chinês foto criado por jcomp – br.freepik.com.

Mesmo com a colheita prejudicada, as exportações de soja alcançarão 13,79 milhões de toneladas em março, segundo a Anec (Associação Nacional dos Exportadores de Cereais).

Para fazer este cálculo, a associação tomou como base os navios que deixaram os portos do país, além dos embarques programados. Desse modo, além da soja em grão, a Anec estima que serão exportados cerca de 1,146 milhão de farelo da commodity no período.

Houve um atraso na colheita da safra 2020/21 devido à continuidade das chuvas intensas em diversas regiões do Brasil.

Guia completo sobre Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA)

Por esse motivo, até a última quinta-feira (04), apenas 35% da área cultivada estava colhida, o que representa, acima de tudo, o índice mais baixo para a época desde a safra 2010/11.

Em função da umidade elevada, os problemas em relação à qualidade dos grãos se acentuaram, provocando um impasse nos armazéns. Isto porque, a padronização dos lotes demanda mais tempo, o que gerou um grande atraso nos embarques.

Segundo dados da consultoria AgRural, a projeção para a safra de soja 2020/21 subiu para 133 milhões de toneladas. Mesmo assim, este número está ligeiramente abaixo da produtividade média apurada no ano passado, tendo em vista o desempenho dos estados produtores.

Fundos reduzem previsões para os preços da soja

Diversos Fundos de Investimento reduziram suas previsões para os preços da soja negociada nos mercados futuros da Bolsa de Chicago (CBOT).

Assim, os dados da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC) revelaram que a posição líquida comprada apresentou uma queda de 10,4% na semana encerrada no dia 02 de março.

Tudo o que você precisa saber para fazer análise técnica de ações e futuros

Da mesma forma, o saldo de contratos comprados de milho diminuiu 4,12% no período, evidenciando que há uma fuga desses ativos. Certamente, este cenário reflete as incertezas quanto aos volumes de oferta e demanda, considerando os alguns aspectos.

Por um lado, as questões climáticas podem afetar as quantidades na colheita, o que tende a reduzir a oferta e elevar os preços. Por outro, a recuperação da economia global pode impactar a demanda, para cima ou para baixo, dependendo de como os países regirem a essa fase da pandemia.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Exportações de soja alcançarão 13,79 milhões de toneladas em março

Leia também:

MRV (MRVE3) lucra R$196 milhões no 4T20 e R$550 milhões em 2020

Calendário de Indicadores Econômicos e Balanços Corporativos


Sobre o autor