Política

Ex-ministro Sergio Moro está inclinado a aceitar a candidatura presidencial pelo Podemos

Por TradersClub
06 outubro 2021 - 10:21 | Atualizado em 06 outubro 2021 - 10:22
Ex-ministro Sergio Moro

Brasília, 6 de outubro – O ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro Sergio Moro está inclinado a aceitar a candidatura presidencial pelo Podemos, segundo o Valor.

Enquanto isso, PT e PSB deram ontem mais um passo para consolidar aliança nacional em 2022, após reunião com o ex-presidente Lula, em Brasília. Projetam aproximações em seis estados: São Paulo, Rio, Pernambuco, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Acre, também de acordo com o Valor.

LEIA: Como funciona e qual é o objetivo de uma Clearing House no Brasil?

E a cúpula do Progressistas dá como certa a volta de Bolsonaro aos quadros da legenda em novembro, mas não deve absorver todos os deputados bolsonaristas, que devem se dividir entre o próprio PP, o PTB e o PSC para disputar a eleição no ano que vem, segundo o Valor.

Confira a seguir as principais notícias políticas que estão no radar do mercado. 

Marco das Ferrovias

O Senado aprovou a proposta ontem à noite criando o regime de autorização para a exploração do setor privado. O texto vai à Câmara. Versão final agradou instituições como a Confederação Nacional da Indústria.

Avaliação inicial no governo é que preserva boa parte dos 14 projetos de estradas de ferro apresentados ao Ministério da Infraestrutura recentemente, reporta o Valor Econômico.

Reforma Tributária

O senador Roberto Rocha protocolou ontem seu parecer na Comissão de Constituição e Justiça, que irá direto a plenário após análise do colegiado. Rocha espera votação da Proposta de Emenda à Constituição 110 neste mês, em sincronia com a reforma do Imposto de Renda. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, voltou a defender a matéria e sua conclusão em 2021.

Combustíveis

O presidente da Câmara, Arthur Lira, disse ontem que deve votar na quarta-feira que vem o projeto que altera a cobrança do ICMS dos combustíveis. O valor da alíquota seria calculado pela variação do preço dos combustíveis nos dois anos, e não em 15 dias, como hoje.

Auxílio Brasil

O presidente Jair Bolsonaro enviou ao Congresso projeto que altera o Plano Plurianual de 2020 a 2023 para incluir na legislação o programa, diz o Estado de S. Paulo. Como o Bolsa Família já é um programa do PPA, a mudança atualiza os novos formato e nome.

Orçamento Ex-ministro Sergio Moro

O governo empenhou apenas 36% do previsto para liberação de emendas aos senadores, segundo o jornal O Estado de S. Paulo. O Planalto pagou R$6 bilhões dos R$16,9 previstos. Com isso, senadores prometem trancar a agenda econômica na Casa.

CPI da Covid Ex-ministro Sergio Moro

A duas semanas de apresentar seu relatório final, o relator do colegiado, Renan Calheiros, falou que “com certeza” irá pedir o indiciamento do presidente Bolsonaro e outros 29 nomes por suposta omissão no combate à pandemia. A comissão ouve hoje o diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar, Paulo Roberto Rabello, sobre o caso da Prevent Senior.

STF Ex-ministro Sergio Moro

A Corte deve julgar hoje se Bolsonaro deve prestar depoimento por escrito ou presencialmente à Polícia Federal na condição de investigado. A questão é desdobramento do inquérito sobre a interferência do mandatário na PF, que ele nega. O julgamento pode trazer instabilidade para o clima mais pacífico entre os Poderes. 

 

Cadastre-se na newsletter semanal do Fast Trade e receba as notícias e conteúdos mais importantes do mercado diretamente no seu e-mail: https://lp.plataformafasttrade.com.br/newsletter-fast-break

Ex-ministro Sergio Moro


Sobre o autor