EmpresasHome

Engie avalia possível aquisição da hidrelétrica Foz do Areia, no Paraná

Por Pablo Vinicius Souza
08 janeiro 2020 - 19:54
EGIE3

A Engie Brasil Energia (EGIE3) está avaliando uma possível aquisição da hidrelétrica Foz do Areia, que atualmente é controlada pela Companhia Paranaense de Energia – Copel (CPLE3).

Como maior usina do parque gerador da estatal, Foz do Areia possui capacidade instalada de 1.676 megawatts (MW) e está localizada no rio Iguaçu.

O maior atrativo do negócio é a possibilidade recentemente criada de empreendimentos como este anteciparem a renovação da concessão por mais 30 anos, desde que o controle do projeto seja privado.

Segundo o diretor-presidente da Engie, Eduardo Sattamini, para a Copel é uma estratégia inteligente vender 51% de seu projeto e poder renovar a concessão por mais tempo.

O executivo acrescentou que gostaria de estabelecer essa parceria com a estatal energética, por se tratar de uma empresa séria e com uma gestão muito boa.

Além dessa oportunidade, a Engie está considerando investir em outros projetos de transmissão e geração de energia eólica ao longo de 2020.

Contudo, seu foco no curto prazo será adquirir os 10% de participação remanescente que a Petrobras detém na TAG, já que é a dona dos outros 90% junto com o fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ).

No que tange à gestão do próprio negócio, a companhia pretende concluir a venda de seus ativos de geração a carvão, para concentrar sua atuação nas modalidades eólica e hidrelétrica.


Sobre o autor