EmpresasHome

Engenheiros da Boeing detectaram falhas no 737 MAX meses antes de tragédia na Indonésia

Por Pablo Vinicius Souza
07 maio 2019 - 10:56
Embraer e Boeing

A queda do avião da Lion Air na costa da Indonésia em outubro, poderia ter sido evitado.

Em comunicado, a Boeing revelou que o corpo de engenheiros da companhia havia detectado uma falha no software de alertas.

Esse reconhecimento de falha no avião 737 MAX foi feito em 2017, quase um ano antes da tragédia na Indonésia.

Segundo a Boeing, a diretoria só soube da falha após o acidente que vitimou todas as 189 pessoas a bordo.

Os alertas não estavam operando conforme o esperado, em razão de um erro no software.

As famílias das vítimas esperam que a fabricante de aviões assuma a responsabilidade por ambos os desastres (na Indonésia e na Etiópia) que mataram 346 pessoas.

Leia mais:

Saiba quais são os principais compromissos econômicos globais para esta terça-feira

Pela primeira vez, Brasil deixa de fazer parte da lista de mercados mais confiáveis para investir

Comissão especial apresentará cronograma para análise da reforma, nesta terça-feira

“Reforma abre horizonte de 10 a 15 anos de crescimento”, afirma ministro da Economia

Fim do mandato de Dodge se aproxima e lista para sucessão já conta com duas inscrições

Após cancelar ida aos EUA, aliados de Bolsonaro no país querem levar homenagem a Dallas

Cessão onerosa: leilão precisa do aval do Congresso, afirma ministro do Tribunal de Contas

Justiça suspende leilão de ativos da Avianca Brasil programado para esta terça-feira

Lucro do Magazine Luiza e Duratex tem retração de 10,4% e 22,5%, respectivamente, no 1º trimestre


Sobre o autor