Empresas

Embraer projeta demanda chinesa de 1,5 mil aeronaves até 2040

Por Fast Trade
28 setembro 2021 - 11:05 | Atualizado em 28 setembro 2021 - 13:21
Embraer

A Embraer (EMBR3) estimou que a China terá uma demanda de 1,5 mil novas aeronaves de até 150 assentos até 2040. Da cifra, 77% seriam para atender à expansão do mercado e outros 23% como reposição do estoque.

A companhia apresentou nesta terça-feira (28) o estudo de mercado no Zhuhai Airshow, a 13ª Exposição Internacional de Aviação Aeroespacial da China. As informações levam em consideração os próximos 20 anos com base na demanda por viagens aéreas no pós-pandemia.

+ Clube de investimentos: Tudo o que você precisa saber

A título de ilustração, hoje a China conta com 91 E-Jets, em 550 rotas, conectando 150 cidades e transportando, em média, 20 milhões de passageiros por ano.

O mercado Chinês

Nos estudos, a Embraer projeta, além disso, uma alta na receita média por cliente por quilômetro (RPK) em 4,7% ao longo da próxima década. Nesse sentido, a China anunciou a construção de 200 novos aeroportos dentro do seu plano de infraestrutura.

De acordo com Arjan Meijer, presidente e CEO da Embraer Aviação, o mercado chinês de aviação será o maior do mundo.

Por outro lado, sobre os aviões de menor porte, de até 150 assentos, a avaliação é que eles são mais versáteis e atendem melhor aos mercados secundários. Os E-Jets chineses foram os primeiros, por exemplo, a restaurar frequências nas malhas aéreas do país.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

“Na era pós-pandemia, construir um sistema de transporte aéreo mais eficiente é de vital importância. O mercado exige um perfil de frota mais equilibrado e uma estrutura de rotas para atender mais mercados secundários”, afirma Guo Qing, diretor-executivo e vice-presidente de Aviação Comercial da Embraer China.

“Por isso, acreditamos que, nos próximos 20 anos, aeronaves com até 150 assentos irão liberar todo o seu potencial”, completa Qing.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Embraer projeta demanda chinesa de 1,5 mil aeronaves até 2040

Leia também:

Sites que fornecem informações sobre criptoativos são bloqueados na China


Sobre o autor