Dólar e índice

Em sessão de forte queda, dólar fecha a R$5,35 de olho na decisão do Fed

Por Fast Trade
28 abril 2021 - 18:28 | Atualizado em 28 abril 2021 - 20:49
dólar; câmbio

O dólar comercial fechou em queda de 1,85% nesta quarta-feira (28), na cotação de R$5,3590 na venda, de olho na decisão do Federal Reserve.

Em mais um pregão de baixa, a divisa americana perdeu terreno contra o real, alcançando o menor nível em três meses.

O movimento de alívio foi impulsionado pela diretriz de política monetária do Fed, que decidiu manter a taxa de juros no intervalo entre 0% e 0,25% ao ano. Além disso, a instituição enfatizou que vai continuar com as compras de ativos privados até que a economia esteja forte o suficiente.

Segundo o presidente da instituição, Jerome Powell, “ainda não é hora” de discutir a retirada dos estímulos, pois, os EUA ainda têm muito o que avançar no cenário macroeconômico.

Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Acima de tudo, os dirigentes do Fed acreditam que a alta dos níveis de inflação será temporária e não trará grandes impactos à recuperação.

Segundo analistas da Wells Fargo, o comunicado foi ligeiramente otimista em relação à postura da instituição em aparições anteriores.

Por aqui, a decisão apenas acentuou o viés de alta do real, que vem em trajetória de valorização desde a aprovação do orçamento e melhora na pandemia do Brasil.

Apesar das turbulências que a CPI do Covid-19 deve trazer ao governo, a perspectiva para a moeda local tende a ser mais positiva. Por fim, o ingresso de fluxo estrangeiro no câmbio deve continuar fornecendo alívio à divisa brasileira no curto prazo.

Juros futuros recuam alinhados ao movimento do câmbio

Os contratos de juros futuros encerraram com queda nas taxas em todos os períodos, em linha com o exterior e o movimento do câmbio.

A curva de juros inverteu a direção após a decisão do Fed, acelerando a queima de prêmio de risco nos vértices intermediários e longos. Nesse sentido, o declínio dos DIs acompanhou os rendimentos dos títulos do Tesouro americano, que voltaram a renovar as mínimas.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

No entanto, a sessão registrou variações contidas, com os investidores à espera do tradicional leilão de títulos do Tesouro Nacional, que acontecerá amanhã.

O DI setembro/2021 caiu a 3,94% (3,95% no ajuste anterior), o DI outubro/2023 recuou para 6,97% (7,04% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 declinou a 7,72% (7,76% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Em sessão de forte queda, dólar fecha a R$5,35 de olho na decisão do Fed

Leia também:

Petróleo tem nova sessão de alta com dólar e compromisso da Opep+

Fed mantém juros próximos de zero e vê feitos temporários da inflação

Vale (VALE3) é a maior empresa da América Latina, mostra Economatica


Sobre o autor