Agronegócio

Em parceria com a Vivo e a Ericson, São Martinho dará vida à “fazenda inteligente”

Por Fast Trade
29 julho 2021 - 14:55 | Atualizado em 29 julho 2021 - 16:09

Em parceria com a Vivo e a Ericson, a São Martinho está desenvolvendo um projeto chamado “fazenda inteligente” que pretende estabelecer a agricultura de ultraprecisão.

O grupo sucroalcooleiro planeja instalar internet 5G em suas unidades visando automatizar e controlar todos os processos, criando sinergia e eficiência operacional.

Nesse sentido, o projeto que já está em andamento desde o ano passado, agora conta com a participação da Vivo na criação de soluções tecnológicas. A Ericson iniciou a instalação da rede 5G em alguns locais da usina de Pradópolis (SP), a maior do mundo.

+ Ebook: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

Com uma capacidade de moer cerca de 10 milhões de toneladas de cana por safra, a usina possui uma área cultivada de 130 mil hectares. Desse modo, a implantação de parte da rede já possibilitou o envio dos primeiros sinais de dentro da planta industrial e da unidade de manutenção agrícola.

Acima de tudo, a participação da Vivo será fundamental para levar a tecnologia a outras áreas da unidade e, posteriormente, as outras usinas da São Martinho.

“Faltava o ator que vai permitir a operação dessa rede. Esse ecossistema vai precisar de todos os atores – indústria, operação e demanda – para assegurar que a utilização da tecnologia ocorra da forma mais eficiente possível” – disse o CEO da Ericson para a América do Sul, Vinícius Dalben.

Projeto visionário

A São Martinho não revelou quanto custará o projeto, no entanto, o CEO da companhia, Fábio Venturelli, disse que o investimento será pequeno em relação aos benefícios gerados. “(…) o custo vai acabar sendo baixo diante de todo o potencial de geração de negócios” – enfatizou o executivo.

Por outro lado, a aposta em tecnologia não é novidade na empresa, que já efetuou desembolsos de R$70 milhões no Centro de Operações Agrícolas (COA).

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Com isso, a sucroalcooleira conseguiu desenvolver o controle remoto de 300 mil hectares de canaviais que atendem quatro usinas do conglomerado. Da mesma forma, com a utilização do 5G, haverá um salto na velocidade de tráfego de dados e baixos tempos de resposta, possibilitando o controle de lavouras em tempo real.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Em parceria com a Vivo e a Ericson, São Martinho dará vida à “fazenda inteligente”

Leia também:

Bolsa brasileira opera em queda pressionada por Vale e bancos; dólar cai 1%

Agenda Econômica: Caged e IGP-M no Brasil, PIB e seguro-desemprego nos EUA

Panorama corporativo: Vale, Ambev, Cosan, GPA, Movida


Sobre o autor