Dólar e índice

Em dia de forte queda, dólar fecha a R$5,25 com otimismo frente à dinâmica global

Por Fast Trade
27 maio 2021 - 18:41 | Atualizado em 27 maio 2021 - 19:51
DIs caem antes de Payroll

O dólar comercial fechou em queda de 1,09% nesta quinta-feira (27), na cotação de R$5,2540 na venda, reagindo ao otimismo frente à dinâmica global.

Depois de oscilar na abertura, a divisa americana acelerou as perdas em atenção aos indicadores nos Estados Unidos, que vieram mais fracos do que o previsto. Nesse sentido, ficou em destaque os pedidos de auxílio desemprego no país, que totalizaram 406 mil na semana passada.

Os analistas estimavam que a Casa Branca registraria 425 mil solicitações no período, o que, de certa forma, renovou os ânimos diante de uma recuperação mais robusta.

Ebook Dólar e Mini Dólar: Desvendados este mercado

Ao mesmo tempo, os dados da segunda prévia do Produto Interno Bruto (PIB) do país indicaram um crescimento de 6,4%, abaixo das expectativas. Ainda assim, a interpretação é que a economia norte-americana está forte e em pleno desenvolvimento.

Enquanto isso, por aqui, os investidores repercutiram o resultado primário positivo do governo central, ao registrar um superávit de R$16,5 bilhões. Em contrapartida, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua do IBGE mostrou que 14,7% da população está desocupada atualmente.

Apesar de o número ter vindo menor do que o previsto, este percentual foi o maior já registrado na história recente. Em relação ao último trimestre de 2020, o aumento somou 0,8%, o que corresponde a mais de 880 mil pessoas em situação de desemprego.

Juros futuros declinam às mínimas com cenário fiscal no radar

Os contratos de juros futuros encerraram com redução nas taxas em todos os períodos, com declínio acentuado nos vértices intermediários e longos.

Acima de tudo, a reafirmação da classificação de risco do Brasil pela Fitch em BB- com perspectiva negativa, também contribuiu para acelerar a queima de prêmio de risco.

Em outro front, as taxas futuras firmaram trajetória de queda após o Tesouro Nacional informar os números do leilão semanal de títulos.

Relatório Especial: Tudo o que você precisa saber sobre Fundos Imobiliários

Os resultados vieram dentro das perspectivas e mostraram que o governo está tentando diluir o risco e prolongar o prazo de suas dívidas.

O DI outubro/2021 fechou estável no preço de 4,18%, o DI janeiro/2023 recuou para 6,58% (6,65% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 declinou para 7,88% (8,06% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Em dia de forte queda, dólar fecha a R$5,25 com otimismo frente à dinâmica global

Leia também:

Petróleo fecha em alta de olho nas perspectivas para demanda global

Certificação da OIE amplia o acesso da carne brasileira a outros mercados

Gol (GOLL4) divulga prévias e Goldman Sachs mantém recomendação de compra


Sobre o autor