EconomiaHome

Economia desacelerada impacta resultados corporativos no trimestre; lucro diminui 6%

Por Pablo Vinicius Souza
16 maio 2019 - 10:43
Ibovespa futuro cai

Embora o trimestre conte com alguns resultados que excederam as expectativas, a rentabilidade das empresas foi afetada atual conjuntura econômica.

A consultoria Economática elaborou um levantamento contemplando 231 companhias abertas, com base nos balanços entregues até as 18h de ontem.

Com o ajuntamento – excluindo bancos, a Vale, a Petrobras e a Oi, o lucro líquido geral totalizou R$ 20 bilhões.

De acordo com a consultoria, esse montante indica queda de 5,74% sobre janeiro a março de 2018.

Para o professor da FGVEbape, Istvan Kasnar, criou-se grande expectativa de que a economia melhoraria se o governo fosse trocado.

“Essa retomada não se concretizou nos primeiros cem dias e ainda há incertezas para os próximos meses”, disse ele.

“A queda da rentabilidade das empresas refletiu, em boa parte, essa frustração de expectativas”, analisou.

Leia mais:

Bolsas asiáticas fecham sem sinal único; tensão comercial traz instabilidade para índices

Mercado revisa projeções e IFI prevê déficits primários por parte do governo federal até 2025

Rodrigo Maia afirma que reforma sai, ‘mesmo com governo atrapalhando’

Convocado, Weintraub fala no plenário da Câmara sobre contingenciamento na Educação

MPF pede que decreto de armas de Bolsonaro seja suspenso; derrota pode prejudicar governo

Ministério da Economia quer acabar com o monopólio do Banco do Brasil no crédito rural

Privatização da Eletrobras fica para 2020; Copel estuda adquirir usinas eólicas da estatal

Resultados corporativos: Caixa Seguridade e Marfrig reportam lucro no primeiro trimestre

Resultados corporativos: prejuízo da Lupatech sobe e da General Shopping cai no trimestre

Resultados corporativos: Light e Restoque saem de lucro para prejuízo no 1º trimestre


Sobre o autor