Dólar e índice

DOLFUT: Dólar cai seguindo o exterior positivo e com Brasília de olho ata do Copom

Por TradersClub
15 dezembro 2020 - 10:53 | Atualizado em 15 dezembro 2020 - 11:01
Dólar (DOLFUT): Em dia de ata do Copom, dólar cai com exterior e à espera de falas de diretores do Fed

O dólar futuro iniciou em baixa, após salto na véspera, acompanhando o exterior positivo e com Brasília de olho na ata do Copom.

Nesse sentido, ficou em destaque o ânimo pelas vacinas, ainda que a alta da Covid-19 e o impasse no pacote de estímulos americanos tragam cautela.

A moeda também reage à ata da última reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central.

Baixe gratuitamente: Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Apesar do tom mais suave do que o comunicado, indicando que ainda vê o choque inflacionário como temporário, o alerta para os riscos fiscais e a retirada de menções a discussões sobre limites prudenciais para a baixa de juros confirmaram a sinalização de que há pressão altista para a Selic.

A indicação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de que poderá ser votado ainda em 2020 uma reforma tributária mínima traz ânimo, enquanto a perspectiva de inclusão no Plano Mansueto de gatilhos para limitar gastos é vista com bons olhos.

Na agenda do dia, tem leilões de swap cambial de até 16 mil contratos e falas do presidente do BC, Roberto Campos Neto, que não está mais em período de silêncio, às 10h00 e às 17h30. Também haverá votações no Congresso.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Perto das 09h30, o dólar futuro cedia 0,31% a R$5,103, após ontem subir 1,06%.

Lá fora, o Dólar Índice, que mede o comportamento do dólar ante cesta de pares, recuava 0,14%.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar cai seguindo o exterior positivo e com Brasília de olho ata do Copom

Leia também:

Indicadores econômicos: Focus, IBC-Br e muito mais

VBP do Brasil deve superar R$1 trilhão em 2021 pela primeira vez


Sobre o autor