Dólar e índice

DOLFUT: Dólar cai com Guedes, BC de olho em seguro-desemprego, fiscal

Por TradersClub
19 novembro 2020 - 11:14 | Atualizado em 19 novembro 2020 - 11:35

O dólar, que alternou estabilidade com leves altas na abertura, virou e passou a cair, repercutindo as falas do ministro Paulo Guedes e de olho no seguro-desemprego.

Acima de tudo, ele disse não ver risco da chamada dominância fiscal, o pior dos mundos para o país, na qual o Banco Central fica numa encruzilhada e até altas na taxa Selic podem gerar inflação.

Também falou que as privatizações vão ajudar a controlar a dívida pública. Ontem, o ministro já havia defendido Teto de Gastos e negou que governo pretenda busca brechas legais para aumentar despesas. Ele fala novamente hoje às 17h00.

Baixe agora: Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, segundo o Valor, se reuniu ontem com líderes de partidos de oposição do governo na tentativa de definir uma agenda de votos até o final de seu mandato, em 31 de janeiro. O risco fiscal, porém, segue no radar.

Nesse sentido, o noticiário positivo de vacinas também ajuda, ainda que o exterior registre maior aversão ao risco. O dólar está subindo após quatro baixas lá fora, em meio a novas medidas restritivas para evitar propagação do vírus.

Além disso, ajuda o real a comunicação do Banco Central de que está disposto a agir para evitar uma pressão maior por conta do “overhedge” e de remessas ao exterior no fim de ano.

Nesta manhã, os bancos centrais de outros emergentes divulgaram suas decisões de juros. Indonésia e Filipinas reduziram os juros para 3,75% e 2%, respectivamente, enquanto a Turquia subiu a taxa de 10,25% para 15% ao ano.

Agenda Econômica

Na agenda do dia, o BC vai rolar até 12 mil contratos de swap cambial pelas 11h30 e os Estados Unidos divulgam os pedidos de seguro-desemprego semanais pelas 10h30.

Em contrapartida, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, fala às 12h15. Os dirigentes do Federal Reserve, Loretta Mester e Eric Rosengren, participam de eventos pelas 10h30 e 14h00, respectivamente.

Baixe gratuitamente: Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Desse modo, perto das 09h35, o dólar futuro cedia 0,25% para R$5,350, após ontem subir 0,53%.

O DXY, ou Dólar Índice, que mede o comportamento da moeda americana ante rivais, subia 0,27%.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar cai com Guedes, BC de olho em seguro-desemprego, fiscal

Leia também:

CCRO3: CCR anuncia emissão de R$ 960 milhões em debêntures

Mercado de capitais capta R$ 35,3 bi em outubro e acumula R$ 275,1 bi no ano


Sobre o autor