Dólar e índice

DOLFUT: Dólar cai com BC dos EUA, commodities, agenda ambiental, à espera de FOMC

Por TradersClub
29 julho 2020 - 09:39 | Atualizado em 29 julho 2020 - 10:02

O dólar amanheceu fraco aqui e lá fora de olho na decisão de juros do Banco Central americano, Federal Reserve, na agenda ambiental e no desempenho das commodities.

Nesse sentido, catalisava as perspectivas a prorrogação de programas de emergência pelo Fed por mais três meses, até 31 de dezembro.

Da mesma forma, crescem as apostas de que o Fomc, órgão que decide os juros americanos, continuará sua política expansionista.

Também anima a expectativa de que que o presidente Fed, Jerome Powell, se mostre disponível a continuar adotando medidas para ajudar a economia em coletiva a partir das 15h30, após a decisão de juros.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

O enfraquecimento também se dá na expectativa que o BC americano avance no chamado “forward guidance” ou orientação futura, vinculando o rumo da taxa a determinadas condições econômicas.

A oficialização da orientação futura viria apenas na reunião de setembro, quando as previsões econômicas serão atualizadas, mas hoje podem sair novidades sobre o tema.

Por aqui, o propósito do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, de priorizar a agenda ambiental na tentativa de melhorar a imagem do país com investidores estrangeiros também traz alento.

Baixe gratuitamente: Descubra o seu perfil de investidor e aprenda a investir o seu patrimônio

O mercado também segue atento ao noticiário político, com interesse de mais partidos em desembarcarem do chamado “Blocão”.

A Reforma Tributária continua no radar, com o governo cogitando um “microimposto” digital para bancar a desoneração da folha.

Desempenho de outras moedas emergentes

O gestor da TAG Investimentos, Dan Kawa, alertou hoje para a depreciação recente da lira turca na Turquia.

“Não é de hoje que o país apresenta problemas econômicos estruturais e ruídos políticos. Precisamos observar para entender se este movimento irá ‘vazar’ para outros ativos emergentes”, observou.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader

Perto das 09h05, o dólar futuro cedia 0,29%, a R$5,135.

Lá fora, o Dólar Índice, o DXY, que mede o comportamento da moeda ante uma cesta de divisas fortes, virava e subia 0,03%.

Quer ficar informado de tudo o que acontece no mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar cai com BC dos EUA, commodities, agenda ambiental, à espera de FOMC

Leia também:

Balanços corporativos (CSNA3/CIEL3), privatizações e dividendos

Minfra passa mensagem de confiança para investidores estrangeiros


Sobre o autor