Dólar e índice

Dólar vira para alta e fecha a R$5,55 com piora do risco no exterior

Por Fast Trade
20 abril 2021 - 18:45 | Atualizado em 20 abril 2021 - 20:50
Dólar e DIs sobem com ajuste pós-feriado de olho no Payroll

O dólar comercial fechou em leve alta de 0,11% nesta terça-feira (20), na cotação de R$5,5540 na venda, refletindo a piora do sentimento de risco no exterior.

Depois oscilar em queda a maior parte do dia, a divisa americana mudou de direção, a exemplo do que ocorreu nos demais mercados emergentes. Na véspera de feriado do Dia de Tiradentes, em que a Bolsa estará fechada, o clima de cautela prevaleceu, contaminando os principais ativos de risco.

Além disso, as incertezas sobre o orçamento pesaram, sobretudo, após o Congresso dar um “cheque em branco” ao governo para decidir sobre os gastos na pandemia.

Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Se por um lado a questão do orçamento foi resolvida, por outro, a disposição dos parlamentares e da equipe econômica em minimizar o teto de gastos gerou controvérsias.

Apesar de o Brasil precisar de estímulos neste momento de grande contração na atividade econômica, os especialistas reconhecem que aumentar as dívidas não é a solução. Isto porque, o ritmo de vacinação está muito lento e não acompanha as necessidades locais.

Desse modo, ainda que os riscos de curto prazo tenham saído de cena, as incertezas persistentes no quadro fiscal e político não devem aliviar a força compradora do dólar. Sobretudo, frente às constantes revisões nas estimativas de crescimento do PIB em 2021, sinalizando fraqueza na recuperação.

Juros futuros avançam de olho no risco fiscal

Os contratos de juros futuros encerraram com aumento nas taxas em todos os períodos, sinalizando a percepção dos riscos fiscais. Nesse sentido, a adição de prêmio foi maior nos trechos intermediários e longos, chegando a atingir aumentos de até 15 pontos-base.

Como pano de fundo, a questão fiscal renovou as preocupações dos investidores, sobretudo, após o consenso entre o governo e o Congresso. Isto porque, a solução de tirar as despesas da pandemia do teto de gastos sinaliza que haverá uma maquiagem no controle do déficit público.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Vale destacar que o Tesouro Nacional ofertou uma grande quantidade de títulos NTN-Bs, totalizando 4,3 milhões de papéis, que foram absorvidos integralmente.

O DI setembro/2021 subiu a 3,94% (3,90% no ajuste anterior), o DI outubro/2023 avançou para 7,19% (7,10% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 saltou a 8% (7,87% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar vira para alta e fecha a R$5,55 com piora no exterior

Leia também:

Futuros de petróleo fecham em queda com avanço do coronavírus na Ásia

Bradesco e Itaú lançam fundos para viabilizar investimentos na China

BTG Pactual eleva a recomendação do Carrefour após vendas somarem R$18 bi


Sobre o autor