Dólar e Câmbio

Dólar vira para alta e fecha a R$ 5,71 após Fed sinalizar aumento de juros

Por Fast Trade
05 janeiro 2022 - 18:43 | Atualizado em 05 janeiro 2022 - 19:23
fraca liquidez

O dólar comercial fechou em alta de 0,53% nesta quarta-feira (05), na cotação de R$ 5,7170 na venda, reagindo à sinalização do Federal Reserve sobre o aumento de juros. Após a divulgação da ata da última reunião de política monetária do Banco Central, a correção na divisa americana se dissipou.

Desse modo, o dia de recuperação do real, rapidamente, deu lugar a um clima de aversão ao risco, que resultou no forte aumento da demanda por segurança. Isto porque, os dirigentes da instituição se mostraram mais abertos a elevar os juros mais cedo do que previsto.

+ Relatório alocação de recursos: Baixe agora!

Ao mesmo tempo, na última reunião, houve uma discussão sobre a redução do balanço do Fed, o que foi uma surpresa para os investidores. Até o momento, o comitê da instituição havia considerado que a redução dos estímulos seria apenas no âmbito das compras de ativos privados.

Por esse motivo, os ativos de risco, em geral, reagiram negativamente ao documento, enquanto os rendimentos das Treasuries de longo prazo e as moedas emergentes passaram a cair. Acima de tudo, o tom mais “hawkish” do Fed deixa claro que as três elevações nos juros agora podem ser consideradas o piso.

Juros futuros têm sessão de alta de olho na inflação

Os contratos de juros futuros encerraram com aumento nas taxas, com os agentes de mercado, novamente, embutindo prêmio de risco. Nesse sentido, as incertezas quanto a trajetória das contas públicas, as projeções de alta na Selic e a inflação continuaram pressionando o movimento dos DIs.

Alguns aspectos influenciaram o desempenho dos vértices intermediários e longos, como o salto nos preços das commodities, a possível relativização do teto de gastos e a piora do quadro fiscal frente às exigências de reajuste salarial pelos servidores públicos.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

O DI abril/2022 subiu a 10,37% (10,36 no ajuste anterior), o DI julho/2023 avançou para 12,08% (11,90% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 saltou a 11,43% (11,17% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar vira para alta e fecha a R$ 5,71 após Fed sinalizar aumento de juros

Leia também:

Ata do Federal Reserve sinaliza que a inflação pode acelerar o aumento dos juros

Ofertas de ações: últimas notícias sobre o follow-on da Braskem e da Eletrobras

Commodities avançaram 50,72% em 2021, segundo o índice do Banco Central


Sobre o autor