Dólar e índice

Dólar sobe a R$5,74 e registra maior alta semanal em 9 meses

Por Fast Trade
26 março 2021 - 18:16 | Atualizado em 26 março 2021 - 20:28

O dólar comercial fechou em alta de 1,29% nesta sexta-feira (26), na cotação de R$5,7430 na venda, registrando a maior alta semanal em 9 meses.

Sem a intervenção do Banco Central, a divisa americana passou o dia renovando as máximas, até tocar em R$5,7560 e desacelerar. Na semana, a moeda dos EUA subiu 4,73%.

Novamente, a fragilidade da confiança do investidor estrangeiro pesou no câmbio, sobretudo, após a aprovação do Orçamento de 2021.

Desse modo, o texto-base deixou alguns espaços para manobra, retirando recursos de rubricas obrigatórias e transferindo para a utilização em obras nos Estados. Assim, crescem as incertezas sobre o tamanho do déficit público que virá este ano, principalmente, com a piora da pandemia.

Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Ao mesmo tempo, São Paulo anunciou que vai prorrogar a fase emergencial em mais 15 dias, deixando todos os serviços essenciais fechados, além de aplicar o toque de recolher.

Apesar de o governo paulista ter anunciado o pedido do Butantã para iniciar os testes com a vacina desenvolvida e produzida no país, a situação de mortes e novas infecções ainda preocupa.

Em outro front, as declarações do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, aliviaram parcialmente a pressão sobre o câmbio. Segundo o executivo, a visão de alguns analistas de que as intervenções efetuadas pela instituição têm a ver com a inflação estão equivocadas.

Ele explicou que os leilões de dólares possuem outras motivações que englobam manter o equilíbrio dos aspectos macroeconômicos e auxiliar o fluxo de moeda local.

Juros futuros avançam, devolvendo as perdas dos últimos dias

Os contratos de juros futuros encerraram com viés de alta nas taxas em todos os períodos, devolvendo as perdas registradas nos últimos dias. Mais cedo, as sinalizações do Banco Central sobre a manutenção dos estímulos chegaram a conter a valorização dos DIs.

Além disso, a aprovação do orçamento de 2021 levou os trechos de curto prazo a fecharem próximos à estabilidade, limitando o movimento dos juros.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Nesse sentido, a adição de prêmio de risco foi impulsionada pela tônica cambial, ajustando para cima a inclinação da curva a termo.

O DI agosto/2021 fechou estável na cotação de 3,66%, o DI outubro/2022 subiu para 6,17% (6,15% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2024 avançou para 7,57% (7,52% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar sobe a R$5,74 e registra maior alta semanal em 9 meses

Leia também:

Wizard pede apoio a Queiroga para viabilizar a compra de vacinas pelo setor privado

Time is Politics – Vacinação e auxílio pressionarão governo e Congresso, diz pesquisa

CPFL Energia reporta lucro no 4º trimestre de 2020 e propõe distribuição de dividendos


Sobre o autor