Dólar e índiceHome

Dólar sobe a R$4,49 seguindo a tônica internacional

Por Fast Trade
02 março 2020 - 12:43
Dólar (DOLFUT): Em dia de ata do Copom, dólar cai com exterior e à espera de falas de diretores do Fed

O dólar comercial operava em leve alta nesta segunda-feira (02), refletindo os movimentos divergentes do cenário internacional.

O câmbio apresentava um comportamento misto frente ao posicionamento majoritário dos Bancos Centrais em adotar medidas de apoio à estabilização das economias.

Na semana passada, o Federal Reserve já havia divulgado sua intenção de atuar apropriadamente para apoiar a atividade norte-americana.

Hoje, o Banco do Japão informou sua pretensão em assegurar ampla liquidez ao mercado financeiro do país, assim como o Banco da Inglaterra e o Banco Central Europeu.

A decisão de intervir veio como resposta ao momento crítico de grande disseminação do coronavírus fora do território chinês.

O aumento exponencial do número de pessoas contaminadas provocou um sentimento de pânico nos mercados e repercutiu na adoção de medidas pelas autoridades.

Contudo, a urgência da situação parece não ter chegado ao universo das moedas emergentes, que se mantêm suscetíveis à volatilidade das perspectivas no exterior.

A divisa americana segue trajetória de alta contra o real e os demais pares latino-americanos, apurando ganhos, sobretudo, em relação às moedas atreladas ao desempenho das commodities.

Ás 12h30 (horário de Brasília), o dólar comercial subia 0,38% contra o real, sendo cotado a R$4,4990 na venda.

Juros Futuros

Na renda fixa, os contratos de juros futuros apresentavam queda nas taxas, reagindo ao otimismo frente aos estímulos econômicos que serão concedidos pelos Bancos Centrais.

O DI dezembro/2020 caía 2% sendo negociado a 3,93% (4,07% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2026 declinava 0,61% sendo vendido a 6,48% (6,63% no ajuste anterior).


Sobre o autor