Dólar e índiceHome

Dólar sobe a R$3,82 com sinalização dúbia do Fed

Por Pablo Vinicius Souza
01 agosto 2019 - 12:43
ata do FOMC

Seguindo o clima de incertezas no mercado internacional, o dólar se fortalecia contra as principais moedas globais, sobretudo as emergentes, atreladas às commodities.

O movimento ascendente do câmbio ocorria em função da declaração dúbia fornecida pelo Federal Reserve na sessão de ontem.

A autoridade monetária decidiu reduzir em 0,25% a taxa básica de juros dos EUA, enfatizando o compromisso da instituição em agir quando fosse necessário.

Contudo, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, afirmou que se trata de apenas um ajuste pontual de meio ciclo, decepcionando os investidores. Tempo depois, ele negou as informações e não descartou a possibilidade de novos cortes no futuro.

Ás 12h30 (horário de Brasília), o dólar comercial subia 0,18% contra o real brasileiro, sendo cotado a R$3,8240 na venda.

Na renda fixa, os contratos de juros futuros operavam em forte queda, com redução nas taxas em todos os períodos.

O mercado reagiu bem à decisão do Copom de reduzir em 0,50% a taxa Selic e continua precificando um ciclo de flexibilização ainda mais acentuado.

O DI dezembro/2019 recuava 2,02%, sendo negociado a 5,58% (5,69% no ajuste anterior) e o DI julho/2026 declinava 0,81% sendo vendido a 7,09% (7,14% no ajuste anterior).


Sobre o autor