Dólar e índice

Dólar sobe 1,55% e fecha a R$5,71 em clima de cautela antes do feriado

Por Fast Trade
01 abril 2021 - 18:33 | Atualizado em 01 abril 2021 - 21:01

O dólar comercial fechou em alta de 1,55% nesta quinta-feira (01), na cotação de R$5,7150 na venda, em clima de cautela antes do feriado.

Depois de avançar 2,32% na véspera, a divisa americana se fortaleceu contra o real, desviando do comportamento visto no exterior. Diante de toda a preocupação fiscal e política, os investidores decidiram montar posições mais defensivas, já que a B3 ficará três dias sem funcionar.

Além disso, o mercado mostrou que apesar de ter passado por uma correção, a tendência do dólar ainda é de alta no câmbio local.

Nesse sentido, as inconsistências no Orçamento pesavam, devido às brechas para furar o teto de gastos e a supressão de despesas essenciais. A equipe econômica deve promover algum ajuste no texto-base por meio de vetos, créditos suplementares ou contingenciamento.

Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Certamente, tal postura deve resultar em discussões e dificuldades de relacionamento com os parlamentares no Congresso. Como resultado, este imbróglio pode minar a governabilidade do presidente, apesar do aceno ao Centrão com a reforma ministerial.

Da mesma forma, o avanço do Covid-19 no país gerava preocupações, sobretudo, após a renovação constante dos recordes de mortes diárias. Em uma reta crescente, o país vê a quantidade de óbitos diários se aproximar dos 4 mil, evidenciando a pior fase da pandemia.

O segundo trimestre se iniciou com um tom de incerteza e projeções de avanço da moeda dos EUA, mesmo diante de um aperto monetário na Selic.

Juros futuros avançam com fatores técnicos e mudanças no Orçamento

Os contratos de juros futuros registraram aumento nas taxas em todos os períodos, refletindo as nuances do cenário doméstico.

A curva a termo passou por momento de forte estresse devido à fatores técnicos, após o Tesouro Nacional elevar o volume de prefixados ofertados ao mercado. Com isso, o órgão mostrou que está disposto a assumir mais risco, o que aumentou a incerteza dos investidores.

Guia do Investidor Iniciante

Ao mesmo tempo, as mudanças no Orçamento e as perspectivas de furo no teto de gastos pressionaram a adição de prêmio nos DIs.

O DI setembro/2021 subiu a 3,86% (3,85% no ajuste anterior), o DI outubro/2022 avançou para 6,21% (6,03% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2024 saltou para 7,68% (7,46% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar sobe 1,55% e fecha a R$5,71 em clima de cautela antes do feriado

Leia também:

Balança comercial brasileira registrou um superávit de US$1,48 bilhão em março

B3 inclui Locaweb (LWSA3) na 1ª prévia do Ibovespa de maio a agosto

Déficit primária do setor público consolidado e mais indicadores


Sobre o autor