Dólar e índiceHome

Dólar segue trajetória de queda de olho no Fed e no cenário político

Por Pablo Vinicius Souza
18 outubro 2019 - 12:38
ata do FOMC

O dólar comercial operava em forte queda nesta sexta-feira (18), seguindo as perspectivas de flexibilização monetária pelo Federal Reserve e em atenção ao cenário político.

Os investidores ficarão atentos às declarações de alguns dirigentes do Fed, que podem fornecer sinais sobre o posicionamento da instituição em relação à atual conjuntura econômica.

Segundo as projeções dos economistas, as chances de nova redução da taxa básica de juros são superiores a 82%, tendo em vista o desempenho decepcionante dos principais setores do país.

Por aqui, o mercado segue reagindo às turbulências do cenário político, com o agravamento das relações entre o presidente Jair Bolsonaro e parte dos integrantes de seu partido, o PSL.

Ontem, o delegado Waldir, líder do partido, disse, durante uma reunião com correligionários, sua pretensão em implodir o governo, mas depois negou a afirmação.

Ás 12h30 (horário de Brasília), a divisa americana recuava 0,98% contra o real brasileiro, sendo cotada a R$4,1290 na venda.

Também ficou no radar, as falas do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, na afirmação de que ainda há espaço para taxas de juros menores no Brasil.

Ele também citou que o fraco desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) e os baixos níveis de inflação demandam juros que estimulem o desenvolvimento das atividades.

A notícia fortaleceu as apostas de corte ainda mais agressivo na Selic, pressionando o comportamento dos contratos de juros futuros, que apresentavam leve queda nos DIs.

O DI junho/2020 caía 1,09% sendo negociado a 4,53% (4,58% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 declinava 0,48% sendo vendido a 6,17% (6,21% no ajuste anterior).


Sobre o autor