Dólar e índiceHome

Dólar salta a R$5,10 e conclui sexta semana de ganhos

Por Pablo Vinicius Souza
27 março 2020 - 18:32

O dólar comercial subiu 2,22% nesta sexta-feira (27), fechando na cotação de R$5,1066 na venda, concluindo a sexta semana consecutiva de ganhos.

Impulsionado pelo avanço do coronavírus, a divisa americana registrou valorização semanal 1,55% contra o real, interrompendo a trajetória de queda vista nos últimos dias.

A forte busca por proteção se sobressaiu à intervenção do Banco Central, que injetou US$1,02 bilhão através de dois leilões extraordinários no mercado à vista.

Além disso, a autoridade monetária colocou em circulação de mais US$1,25 bilhão de moedas compromissadas na modalidade global bonds.

Mesmo assim, o efeito foi limitado e a divisa dos EUA subiu firme, tanto no câmbio interno, quanto no externo, contra as principais moedas emergentes.

O real foi a segunda divisa que mais depreciou nesta sessão, ficando atrás apenas do rublo russo, que recuava cerca de 2,3% em relação ao dólar.

O grande catalisador do mau humor foi o aumento exponencial da infecção por coronavírus nos Estados Unidos, que reportou mais de 85 mil novos casos, superando a China.

Outro fator que também contribuiu com o sentimento de cautela foi a proximidade com o final de semana, já que, muitas coisas podem acontecer e não há como prever os desdobramentos.

Juros Futuros

Na renda fixa, os contratos de juros futuros encerraram sem apresentar uma direção comum, reagindo às falas do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

O executivo comentou que há um projeto em tramitação permitindo à instituição comprar crédito diretamente de empresas em momentos de crise, sem que seja necessário passar pelo sistema bancário.

O DI dezembro/2020 avançou para 3,48% (3,45% no ajuste anterior), o DI outubro/2023 declinou para 6,31% (6,38% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2026 recuou para 7,39% (7,45% no ajuste anterior).    


Sobre o autor