Dólar e índiceHome

Dólar salta a R$4,38 e renova a máxima contra o real

Por Pablo Vinicius Souza
20 fevereiro 2020 - 12:40

O dólar comercial opera em alta nesta quinta-feira (20), refletindo as turbulências do ambiente externo, sobretudo, em relação ao avanço do coronavírus.

Depois de renovar o recorde histórico contra o real ao bater em R$4,3930, a divisa americana desacelerou, embora permaneça com viés de alta.

As notícias sobre as mortes causadas pelo vírus fora do território chinês catalisavam o movimento negativo das principais moedas emergentes.

O Japão confirmou mais duas mortes provocadas pela doença e a Coreia do Sul reportou a sua primeira vítima fatal.

Contudo, na China continental, os casos confirmados continuam a diminuir, após registrar expressivo aumento com a mudança da metodologia de análise e diagnóstico.

No cenário interno, o câmbio também refletia a divulgação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), que mostrou aumento de 0,22% na passagem de janeiro para fevereiro.

O resultado veio dentro das expectativas do mercado, apesar de ainda não atingir o valor ideal, tendo em vista, a fraqueza na recuperação econômica do Brasil.

Ás 12h27 (horário de Brasília), o dólar comercial subia 0,50% contra o real, sendo cotado a R$4,3870 na venda.

Juros Futuros

Na renda fixa, os contratos de juros futuros apresentavam elevação nas taxas em todos os períodos, repercutindo a decisão do Banco Central em reduzir o compulsório sobre depósitos a prazo de 25% para 31%.

O DI outubro/2020 subia 0,36% sendo negociado a 4,16% (4,15% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2027 avançava 1,10% sendo vendido a 6,43% (6,37% no ajuste anterior).


Sobre o autor