Dólar e índiceHome

Dólar ronda a estabilidade de olho na Previdência e indicadores dos EUA

Por Pablo Vinicius Souza
03 julho 2019 - 12:43

Depois de abrir em alta, o dólar operava próximo à estabilidade após a divulgação de indicadores econômicos nos EUA, que evidenciaram a contração no mercado de trabalho.

Segundo informações da ADP, que representa uma prévia do relatório oficial, foram criadas 102 mil novas vagas no setor privado americano, durante o mês de junho.

Esse valor veio abaixo das projeções dos economistas, que sinalizavam para a geração de 140 mil novos postos de trabalho e isso enfraqueceu o dólar no mercado internacional.

Por aqui, os investidores seguem atentos às movimentações da reforma da Previdência, aguardando a data e o horário que será realizada a votação da proposta na Comissão Especial da Câmara.

Como o relator da reforma não acatou as sugestões de alguns deputados para alteração do texto final, muitos parlamentares solicitaram um tempo maior para analisar o projeto, o que pode causar um atraso na votação.

Ás 12h19 (horário de Brasília), o dólar comercial subia 0,08% contra o real brasileiro, sendo cotado a R$3,8600 na venda.

Na renda fixa, os contratos de juros futuros de curto prazo avançavam em sinal de cautela, enquanto os de curto prazo caíam já precificando a aprovação da reforma e a redução da taxa Selic.

O DI abril/2020 saltava 0,94%, sendo negociado a 5,89% (5,84% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2026 recuava 0,83%, sendo vendido a 7,19% (7,25% no ajuste anterior).

Leia mais:

Ibovespa avança em meio às expectativas pela votação da reforma da Previdência

Noticiário Corporativo: Movida (MOVI3) e B3 (B3SA3)


Sobre o autor