Dólar e Câmbio

Dólar inverte o sinal no finalzinho do pregão digerindo o discurso de Powell

Por Fast Trade
26 janeiro 2022 - 18:50 | Atualizado em 26 janeiro 2022 - 19:26
inflação norte americana

O dólar comercial fechou em alta de 0,22% nesta quarta-feira (26), na cotação de R$ 5,4460 na venda, invertendo sinal após o discurso de Jerome Powell. Na coletiva de imprensa, o presidente do Federal Reserve elevou o tom do comunicado, assustando os investidores.

Isto porque, na decisão de política monetária, a instituição confirmou que o programa de compras de ativos se encerrará em março e disse que ainda não há uma data específica para dar início à redução do balanço. Em ambos os casos, a mensagem foi mais “dovish”, vindo dentro do esperado pelo mercado.

+ Calendário do Trader 2022: Baixe agora!

No entanto, Powell surpreendeu ao afirmar que há espaço para aumentar a taxa de juros em todas as reuniões de 2022 sem que isso venha a prejudicar o equilíbrio macroeconômico. Além disso, ele mencionou que o Fed pode acelerar o ritmo de redução do balanço patrimonial, conforme a necessidade de adequação.

Ao mesmo tempo, ele colocou em dúvida a amplitude do aumento dos juros, alegando que a expansão será diferente. Com o ciclo de aperto se iniciando em março, era consenso entre os especialistas que haveriam três ou quatro elevações durante o ano, contudo, até esta projeções foi posta em xeque.

O presidente da instituição ainda se mostrou confortável com a queda nas ações americanas, ao afirmar que a comunicação está funcionando e o mercado está reagindo a toda essa conjuntura. Em reação a tudo isso, a divisa americana zerou as perdas e avançou ao território positivo.

Juros futuros se ajustam em alta reagindo ao IPCA-15

Os contratos de juros futuros encerraram com aumento nas taxas, sobretudo, as de curto prazo, precificando o aumento na prévia da inflação. Divulgado hoje, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15) subiu 0,58% em janeiro, acima do esperado pelos analistas.

Frente a um cenário inflacionário mais desafiador, o Banco Central pode adotar uma postura de maior cautela em relação a Selic. Desse modo, a reunião da semana que vem pode trazer algumas surpresas, considerando a dinâmica preocupante em relação ao choque nos preços.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

O DI junho/2022 subiu a 11,41% (11,37% no ajuste anterior), o DI julho/2023 avançou para 12% (11,75% no ajuste anterior) e o DI julho/2025 saltou a 11,16% (11,01% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a nossa Newsletter Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

Dólar inverte o sinal no finalzinho do pregão digerindo o discurso de Powell

Leia também:

Fed mantém os juros no atual patamar, mas sinaliza aumento da taxa em breve

BofA e Citi recomendam ações da Infracommerce apostando no viés de crescimento

De olho no minério, Goldman Sachs eleva o preço-alvo de CSN, CSN Mineração e Vale


Sobre o autor