Dólar e Câmbio

Dólar fecha em leve alta após a ata do Federal Reserve não mostrar surpresas

Por Fast Trade
25 maio 2022 - 18:57 | Atualizado em 25 maio 2022 - 19:46
Créditos: shutterstock.com

O dólar comercial fechou em alta de 0,21% nesta quarta-feira (25), na cotação de R$ 4,8180 na venda, refletindo a ata do Federal Reserve. O conteúdo do documento permitiu uma leve correção na divisa americana, que encerrou positiva, mas longe das máximas do dia.

+ O que são ciclos de mercado? Confira todos os detalhes neste vídeo!

Nesse sentido, o movimento do câmbio acompanhou o mercado externo, sobretudo, após a divulgação da ata da última reunião do Fed. No documento, os dirigentes mostraram apoio a um aumento de 0,5% na taxa de juros nas reuniões de junho e julho.

Acima de tudo, a instituição deixou claro que não irá aumentar o ritmo de aperto monetário, apesar de enfatizar que o ciclo de aperto será prolongado. Por esse motivo, houve uma acomodação do dólar com perda de força compradora nas horas finais do pregão.

Juros futuros fecham próximos à estabilidade com foco na inflação

Os contratos de juros futuros encerraram mistos, mas próximos à estabilidade, com os agentes de mercado ainda digerindo a surpresa negativa com a inflação. Sem surpresas com a ata do Fed, houve uma melhora no apetite a ativos de risco, o que levou a um ajuste nos DIs ao longo de toda a curva a termo.

Nesse sentido, os vértices mais curtos devolveram parte da alta contabilizada na véspera, enquanto as incertezas no Congresso frente a aprovação da redução do ICMS também limitaram a adição de prêmio. Já a parte mais longa continuou sob a pressão dos ruídos políticos e, por isso, também registrou valorização.

+ Ebook Dólar e Mini Dólar: Baixe agora!

Por fim, as taxas intermediárias reagiram às projeções de aumento nos juros dos EUA, precificando um ciclo de aperto monetário por um período prolongado. Até porque, em um cenário de desaquecimento da economia e elevada inflação, o Fed precisa agir de forma ostensiva para tentar evitar uma recessão.

O DI outubro/2022 subiu a 13,26% (13,25% no ajuste anterior), o DI janeiro/2024 caiu a 12,99% (13,01% no ajuste anterior) e o DI outubro/2025 avançou a 12,13% (12,11% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a newsletter Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

Dólar fecha em leve alta após a ata do Federal Reserve não mostrar surpresas

Leia também:

Dirigentes do Fed concordam com o aumento de juros em 0,5% nas próximas reuniões

Credit Suisse eleva a recomendação da MRV para outperform e ações disparam


Sobre o autor