Dólar e índice

Dólar fecha a R$5,47 com estímulos nos EUA e falas de Guedes no radar

Por Fast Trade
12 novembro 2020 - 19:23 | Atualizado em 12 novembro 2020 - 21:49
inflação norte americana

O dólar comercial fechou em alta de 1,22% nesta quinta-feira (12), na cotação de R$5,4790 na venda, com foco nos estímulos dos EUA e nas falas de Guedes.

Depois de oscilar próximo à estabilidade a maior parte do dia, a divisa americana assumiu trajetória de alta após as notícias do Congresso americano.

Ao que parece, a Casa Branca delegou aos republicanos as negociações do pacote de estímulos, o que, certamente, acentuou os temores sobre um impasse.

Baixe gratuitamente: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Ainda sob a liderança de Donald Trump, o governo dos EUA decidiu não intervir na situação e isso renovou as preocupações sobre a demora na aprovação.

No Brasil, o clima de incerteza se acentuou após o ministro Paulo Guedes admitir a possibilidade de estender o auxílio emergencial em 2021.

Nesse sentido, o ministro explicou que caso ocorra no país uma segunda onda de infecções pelo Covid-19, é provável que o estado de calamidade pública também seja prolongado.

Baixe agora: Guia do investidor iniciante

Além disso, houve uma forte reação à notícia de que o governo deseja “turbinar” o Bolsa Família, para manter o teto de gastos e amparar a população.

Assim, a ideia seria desistir do Renda Cidadã e apenas potencializar o benefício já existente, ampliando o atendimento a mais pessoas.

Outro ponto importante é que a equipe econômica está avaliando uma proposta de ampliação do microcrédito para minimizar os impactos do fim do auxílio emergencial.

Juros futuros fecham em alta reagindo à piora no cenário externo

Os contratos de juros futuros encerraram em alta, refletindo a piora no cenário externo frente à segunda onda do Covid-19.

O sentimento cautela em relação às contas públicas e as incertezas do noticiário fiscal também contribuíram com a aversão ao risco.

Ao mesmo tempo, o leilão de títulos do Tesouro exerceu uma leve pressão sobre os vértices intermediários e longos, devido à forte demanda pelos papéis.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

A instituição vendeu o lote integral de títulos prefixados (LTN e NTN-F), aproveitando o um ambiente de ampla liquidez e taxas mais baixas.

Acima de tudo, os papéis NTN-Fs costumam ser procurados por estrangeiros, o que significa o retorno gradual do capital externo ao Brasil.

O DI fevereiro/2021 fechou estável na cotação de 1,97%, o DI outubro/2023 subiu para 5,88% (5,83% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2027 avançou para 7,59% (7,48% o ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar fecha a R$5,47 com estímulos nos EUA e falas de Guedes no radar

Leia também:

Produção agropecuária do Brasil deve crescer 11,9% em 2021


Sobre o autor