Dólar e índice

Dólar fecha a R$5,30 após o Fed sinalizar redução dos estímulos em novembro

Por Fast Trade
22 setembro 2021 - 18:27 | Atualizado em 22 setembro 2021 - 19:19
inflação norte americana

O dólar comercial fechou em alta de 0,28% nesta quarta-feira (22), na cotação de R$5,3010 na venda, após o Federal Reserve sinalizar que a redução dos estímulos acontecerá a partir de novembro. Em discussão já há alguns meses, a diminuição nas compras de títulos privados deve acontecer gradualmente.

No entanto, o início do processo foi antecipado para o final do ano, de acordo com as declarações do presidente do Banco Central americano, Jerome Powell. O executivo deixou claro que as metas definidas pelo Fed estão perto de ser atingidas, o que deve acelerar a retirada das medidas de estímulos.

+ Relatório Alocação de recursos: Baixe agora!

Além disso, os investidores repercutiram a manutenção da taxa de juros dos EUA entre 0% e 0,25%, sem perspectivas de aumento no curto prazo. Contudo, no relatório do Fed, os dirigentes concordaram que o aperto monetário deve ter início já em 2022, tendo em vista o forte crescimento do país e a alta da inflação.

Ao mesmo tempo, o mercado está no compasso de espera pela decisão de juros do Comitê de Política Monetária (Copom) no Brasil. A expectativa é de aumento na taxa Selic em 1%, o que deve tornar o real mais atrativo, considerando a elevação do diferencial de juros entre o câmbio local e o exterior.

Juros futuros fecham mistos de olho nas decisões de juros

Os contratos de juros futuros fecharam mistos, apresentando leve alta nas taxas de curto prazo e declínio nos vértices intermediários e longos. No radar, os agentes de mercado monitoraram as decisões de juros nos EUA e no Brasil, ajustando as movimentações da “Super-Quarta”.

Apesar de ter registrado queda majoritária ao longo da curva, as declarações de Powell afastaram os DIs das mínimas, por indicar uma postura mais hawkish.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

O DI janeiro/2022 subiu a 7,13% (7,12% no ajuste anterior), o DI outubro/2023 recuou para 8,65% (8,68% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 caiu a 9,78% (9,84% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar fecha a R$5,30 após Fed sinalizar redução dos estímulos em novembro

Leia também:

Bradesco BBI coloca ação da EzTec como “top pick” e recomenda a compra do ativo

Federal Reserve mantém a taxa de juros, mas sinaliza redução nos estímulos

Em novo recorde, produção agrícola brasileira alcança R$470,5 bi em 2020


Sobre o autor