Dólar e índice

Dólar fecha a R$5,28 com cancelamento do Renda Brasil

Por Fast Trade
15 setembro 2020 - 18:09 | Atualizado em 15 setembro 2020 - 19:01

O dólar comercial fechou em alta de 0,21% nesta terça-feira (15), na cotação de R$5,2870 na venda, reagindo ao polêmico cancelamento do Renda Brasil.

Embora a divisa americana tenha iniciado em território negativo, o clima de aversão ao risco prevaleceu, pressionando mais um dia de desvalorização para o real.

Ficou no radar, as declarações de Jair Bolsonaro ao dizer que “está proibido falar sobre o Renda Brasil”, criticando as propostas da equipe econômica divulgadas na mídia.

Baixe agora: Dólar e Mini Dólar – Desvendando este mercado

O presidente disse que congelar aposentadorias ou cortar auxílio para idosos e pessoas de baixa renda com deficiência “é um grande devaneio de alguém que está desconectado com a realidade”.

Diante de um claro processo de “fritura” do ministro Paulo Guedes, os investidores optaram por reduzir a exposição, devido ao cenário de grande incerteza.

Com um quadro fiscal já deteriorado e sob forte risco de ruptura do teto dos gastos ao longo de 2021, a possível saída de Guedes pode resultar em uma situação nebulosa nas contas públicas.

Contudo, após uma reunião com Bolsonaro, o ministro explicou que o “cartão vermelho” mencionado pelo chefe do Executivo não estava direcionado a ele.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Durante um evento, Guedes lamentou a interpretação errônea da mídia, dizendo que neste momento há uma PEC pronta que propõe devolver à classe política o controle das decisões sobre o orçamento.

Da mesma forma, prevaleceu o sentimento de cautela antes da “Super-Quarta”, na qual, serão divulgadas as decisões de juros no Brasil (Copom) e nos EUA (Federal Reserve).

Juros Futuros fecham em firme alta com cena política e leilão do Tesouro

Os contratos de juros futuros encerraram em forte alta, refletindo as tensões política e fiscal provocadas pelas divergências no Planalto.

Em determinado momento do dia, a volatilidade ao longo da curva foi tão intensa que alguns vértices chegaram a exibir alta de quase 20 pontos-base.

Ás vésperas da decisões de juros, o desgaste entre Bolsonaro e Guedes interferiu no movimento dos DIs, provocando a forte adição de prêmio de risco.

Baixe gratuitamente: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

Além disso, o leilão de títulos NTN-B do Tesouro Nacional contribuiu com a pressão altista, elevando a demanda das taxas, sobretudo, nos trechos mais longos.

O DI janeiro/2021 subiu para 1,96% (1,94% no ajuste anterior), o DI outubro/2023 avançou para 4,99% (4,94% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2026 saltou para 6,57% (6,48% o ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar fecha a R$5,28 com cancelamento do Renda Brasil

Leia também:

Futuros do petróleo sobem mais de 2%, apoiados em indicadores positivos

Ações da JSL e notícias de Taesa (TAEE11), Minerva (BEEF3) e Rumo (RAIL3)


Sobre o autor