Dólar e índice

Dólar fecha a R$5,23 refletindo o noticiário sobre as captações domésticas

Por Fast Trade
15 setembro 2021 - 18:59 | Atualizado em 15 setembro 2021 - 19:23
maior fechamento desde maio

O dólar comercial fechou em leve queda de 0,36% nesta quarta-feira (15), na cotação de R$5,2360 na venda, refletindo o noticiário sobre as captações domésticas. Mesmo assim, o declínio da divisa americana ainda foi moderado em função das incertezas no ambiente doméstico.

Nesse sentido, o real se fortaleceu apoiado pela entrada de fluxo de moeda no câmbio através das empresas nacionais, depois de passar a maior parte do dia oscilando entre perdas e ganhos.

+ Clube de investimentos: Tudo o que você precisa saber

Mesmo diante de fatores positivos para a moeda brasileira, o investidor manteve uma postura de cautela de olho nas projeções que apontam para um real ainda desvalorizado. Apesar de o aumento da taxa Selic configurar um ponto positivo, os ruídos políticos e fiscais ainda devem trazer volatilidade ao mercado.

Por isso, o Bank of America elevou sua projeção para o dólar a R$5,10 no final do ano, acreditando que a moeda pode ficar em um patamar ainda mais alto, dependendo das condições do ambiente local.

Juros futuros avançam seguindo a tônica cambial

Os contratos de juros futuros encerraram com aumento nas taxas nos trechos intermediários e longos, seguindo a tônica cambial. Desse modo, houve a recomposição de prêmio de risco ao longo da curva, reagindo aos dados mais fortes da economia local.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

O DI janeiro/2022 caiu a 7,01% (7,03% no ajuste anterior), o DI julho/2023 avançou para 9,36% (9,34% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 subiu a 10,07% (10,04% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar fecha a R$5,23 refletindo ao noticiário sobre as captações domésticas

Leia também:

Bradespar dispara na B3 após o anúncio de distribuição de 41% de sua fatia na Vale

Arábia Saudita suspende as importações de 5 frigoríficos de Minas Gerais

Itaú BBA reduz projeções para o Ibovespa em 2021 devido ao cenário de riscos


Sobre o autor