Dólar e índice

Dólar cai a R$5,38 com foco na liquidez e nas projeções da Selic

Por Fast Trade
19 fevereiro 2021 - 18:54 | Atualizado em 19 fevereiro 2021 - 20:03

O dólar comercial fechou em queda de 1,05% nesta sexta-feira (19), na cotação de R$5,3860 na venda, refletindo a liquidez e as projeções da Selic.

Com este resultado, a divisa americana acumulou alta semanal de 0,21% contra o real, mas ainda contabiliza ganhos de 3,72% em 2021.

No pregão de hoje, um “fluxo gigante” de moeda garantiu bons níveis de liquidez no câmbio local, contribuindo com a redução na demanda.

Por esse motivo, a moeda brasileira destoou dos demais pares emergentes e apresentou um dos melhores desempenhos do dia.

Baixe agora: Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Ademais, os investidores revisaram as projeções, acentuando as apostas de elevação da Selic pelo Banco Central já na reunião de março.

Isto porque, com o enfraquecimento da economia e o salto dos níveis de inflação, é esperado que a instituição adote uma postura mais rígida.

Em segundo plano, pesaram as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre a alta do dólar e o aumento dos combustíveis.

Da mesma forma, a promessa de que haverá uma redução de impostos sobre os combustíveis renovou as incertezas sobre a condução da política liberal.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Neste momento em que o país precisa elevar a arrecadação para cobrir o déficit público e reduzir despesas, o governo fala em renúncia fiscal.

Por outro lado, a equipe econômica planeja enviar ao Senado, até a próxima segunda-feira (22), a PEC que regulamenta o Auxílio Emergencial.

O presidente da Casa Legislativa, Rodrigo Pacheco (DEM), afirmou que colocará o projeto em votação na semana que vem.

Juros futuros fecham em alta de olho em Treasuries e cenário político

Os contratos de juros futuros encerraram com aumento nas taxas em todos os períodos, refletindo o avanço nos rendimentos dos Treasuries.

Nesse sentido, os títulos americanos T-notes com vencimento em 10 anos renovaram a máxima em 1,363%, colocando em perspectiva a alta da inflação.

Considerando o avanço das negociações do pacote de estímulos, cresceram as apostas sobre a retomada da economia em conjunto com o salto dos preços.

Baixe agora: Calendário do Trader 2021

Além disso, as turbulências do cenário político também influenciaram o movimento dos DIs, sobretudo, diante da ameaça de interferência do governo na Petrobras.

Desse modo, os ruídos em Brasília impulsionaram a adição de prêmio na curva, uma vez que tais situações agravam a percepção de risco do país.

O DI junho/2021 subiu para 2,29% (2,25% no ajuste anterior), o DI abril/2023 avançou para 5,42% (5,37% no ajuste anterior) e o DI julho/2024 saltou para 6,49% (6,39% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar cai a R$5,38 com foco na liquidez e nas projeções da Selic

Leia também:

Monitor do PIB sinaliza que economia teve retração de 4% em 2020


Sobre o autor