Dólar e índice

Dólar cai a R$5,37 com inflação nos EUA e independência do BC

Por Fast Trade
10 fevereiro 2021 - 19:24 | Atualizado em 10 fevereiro 2021 - 19:43
DOLFUT: Após forte alívio, dólar sobe com tensão externa em dia de compromissadas, decisão do vídeo; Kanczuk no radar

O dólar comercial fechou em queda de 0,22% nesta quarta-feira (10), na cotação de 5,3710 na venda, de olho na inflação dos EUA.

Divulgado hoje, o índice de preços ao consumidor (CPI) de janeiro registrou alta de 1,4% na base anual, vindo abaixo do consenso de aumento em 1,5%.

Desse modo, o dado pesou sobre as perspectivas e a divisa americana perdeu terreno contra as principais moedas globais.

Tendo em vista o cenário de desaceleração da atividade, é provável que o Federal Reserve tenha que retirar os estímulos antes do previsto.

Baixe agora: Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Por aqui, o governo e o Congresso estão trabalhando em uma proposta de extensão do benefício, ainda que esta despesa ultrapasse o teto de gastos.

Na manhã de hoje, relatos indicam que a equipe econômica está negociando a apresentação de uma nova PEC do Orçamento de Guerra, com cláusula de calamidade pública.

Isto porque, o referido projeto autorizaria ao Planalto promover gastos além do permitido pela lei de responsabilidade fiscal.

Alguns parlamentares disseram que, acima de tudo, tal despesas deveria ter uma contraprestação para não elevar o déficit nas contas.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Contudo, até o momento, as discussões não contemplaram uma alternativa viável que pudesse suportar o ônus e a tendência é de aumento na trajetória da dívida governamental.

Durante a tarde, a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do projeto de autonomia do Banco Central, embora alguns parlamentares tenham feito destaques.

Ao mesmo tempo, foi instalada a Comissão Mista de Orçamento para analisar o projeto enviado pelo governo para a execução das despesas este ano.

Juros futuros fecham em queda refletindo os dados do varejo

Os contratos de juros futuros encerraram com redução nas taxas em todos os períodos, refletindo a queda de 6,1% nas vendas do varejo.

Como o resultado de janeiro veio muito abaixo do previsto, o enfraquecimento da atividade econômica pressionou os DIs.

Além disso, o mercado continuou precificando as chances de elevação da taxa Selic na próxima reunião do Copom.

Baixe agora: Calendário do Trader 2021

Apesar de o IPCA ter desacelerado junto com os indicadores macroeconômicos, diferentes casas de análise continuam acreditando no aperto monetário.

O DI maio/2021 caiu para 2,06% (2,07% no ajuste anterior), o DI outubro/2023 recuou para 5,64% (5,79% no ajuste anterior) e o DI outubro/2024 declinou para 6,30% (6,36% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar cai a R$5,37 com inflação nos EUA e independência do BC

Leia também:

Orçamento de 2021 deve ser aprovado até março


Sobre o autor