Dólar e índice

Dólar cai a R$5,19 de olho na ampliação dos estímulos nos EUA

Por Fast Trade
29 dezembro 2020 - 19:05 | Atualizado em 29 dezembro 2020 - 19:37

O dólar comercial fechou em queda de 0,94% nesta terça-feira (29), na cotação de R$5,1910 na venda, de olho na ampliação dos estímulos nos EUA.

A divisa americana devolveu parte dos ganhos registrados na véspera, acompanhando o movimento de alívio no exterior.

Ficou em destaque a ampliação do auxílio emergencial aprovado pela Câmara dos Representantes, que passou de US$600 para US$2.000 por pessoa.

Baixe gratuitamente: Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

Desse modo, os trabalhadores que recebem até US$75 mil dólares por ano terão direito ao benefício.

Essa mudança aconteceu após o presidente Donald Trump criticar o projeto de lei, sugerindo que houvesse essa alteração.

Em contrapartida, o líder dos republicanos no Senado, Mitch McConnel, disse que a proposta enfrentaria uma forte resistência entre os parlamentares.

Além disso, com a perspectiva de vacinação em massa em diversos países, o apetite ao risco ganhou força, o que elevou a demanda por moedas emergentes.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Apesar de o câmbio local ter passado por momentos de estresse na véspera, o Banco Central atuou com firmeza, equilibrando as turbulências trazidas pelas operações de overhedge.

Na agenda local, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) que desacelerou para 0,96% em dezembro.

Nesse sentido, o resultado veio abaixo da mediana das estimativas calculadas pela projeção Broadcast, que apostavam em alta de 1,20%.

Juros futuros recuam com exterior e enfraquecimento do IGP-M

Os contratos de juros futuros fecharam com redução nas taxas em todos os períodos, refletindo a sessão de baixa liquidez.

Nesse sentido, o bom humor do cenário externo influenciou o viés de queda nos DIs, apesar da variação moderada nos trechos mais curtos.

Da mesma forma, a desaceleração do IGP-M acentuou a queima de prêmio de risco nos vértices intermediários e longos, promovendo um ajuste na renda fixa.

Baixe agora: Guia do Investidor Iniciante

O DI junho/2021 caiu para 2,03% (2,05% no ajuste anterior), o DI abril/2023 recuou para 4,52% (4,60% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2026 declinou para 6,09% (6,24% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar cai a R$5,19 de olho na ampliação dos estímulos nos EUA

Leia também:

Governo central registra déficit de R$18,241 bilhões em novembro

Juros sobre o capital próprio: Santander Brasil (SANB11), EDP Brasil (ENBR3) e mais

Nova lei de falências melhora recuperação de crédito, avalia secretário


Sobre o autor