Dólar e índiceHome

Dólar cai a R$4,16, mas avança 1,78% na semana

Por Pablo Vinicius Souza
17 janeiro 2020 - 19:46

O dólar comercial caiu 0,67% nesta sexta-feira (17), fechando na cotação de R$4,1640 na venda, próximo às mínimas registradas no dia.

O movimento de realização de lucros pressionou a divisa americana a realizar um ajuste contra as principais moedas emergentes e atreladas às commodities.

Mesmo com a valorização de hoje, o real ainda é a moeda com maior depreciação (-3,73%) frente ao dólar em 2020, vindo em segundo lugar o rand sul-africano (-2,96%).

Apesar da baixa liquidez, a moeda dos EUA teve um avanço semanal de 1,78% no câmbio interno, refletindo a frustração com os dados econômicos recentemente divulgados.

Enquanto a atividade local não ganhar tração para um crescimento contínuo e sustentável, o fluxo de capital estrangeiro não retornará ao país.

Ainda que o cenário externo esteja mais favorável a ativos de risco, o real precisará de uma conjuntura interna favorável a investimentos para reverter a trajetória de queda.

Juros Futuros

Os contratos de juros futuros encerraram majoritariamente em queda, devolvendo parte do prêmio de risco adicionado nas últimas sessões.

Frente às perspectivas de inflação mais benigna e retomada lenta do crescimento econômico, os investidores de renda fixa mantivera as apostas em um novo corte na taxa Selic e isso pressionou um ajuste nos DIs.

O DI novembro/2020 declinou para 4,31% (4,33% no ajuste anterior), o DI abril/2023 caiu para 5,88% (5,93% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2026 recuou para 6,54% (6,64% no ajuste anterior).


Sobre o autor