Dólar e índiceHome

Dólar cai a R$3,93 com otimismo pela reforma da Previdência

Por Pablo Vinicius Souza
08 maio 2019 - 18:17
maior fechamento desde maio

Em dia de alívio no exterior, as movimentações no mercado de câmbio foram conduzidas pelo otimismo sobre a tramitação da reforma da Previdência na Comissão Especial e com a notícia de recriação de dois ministérios, Cidades e Integração Nacional.

Ao que tudo indica, esse recuo do governo visa atender às demandas dos partidos do “Centrão”, cujo apoio será fundamental para aprovação da proposta no Congresso. Como reflexo das expectativas, o dólar fechou em queda de 0,93%, com cotação a R$3,93, no menor nível de fechamento desde 30 de abril.

A pressão na divisa americana levou o real brasileiro a apresentar o melhor desempenho dentre as 31 moedas mais negociadas no mundo, bem à frente dos seus pares emergentes como o peso argentino (-0,64%) e o peso mexicano (-0,47%).

Os contratos de juros futuros encerraram com redução nas taxas em todos os períodos, com o mercado reduzindo o prêmio de risco nos ativos cambiais, devido às boas perspectivas internas. Os investidores continuam aguardando a decisão do Copom sobre a política monetária, que será divulgada após as 18h.

O DI com vencimento para dezembro/2019 recuou para 6,43% (6,44% no ajuste anterior), o DI para setembro/2022 caiu para 7,99% (8,08% no ajuste anterior) e o DI para junho/2026 declinou para 8,83% (8,91% no ajuste anterior).

Leia mais:

Ibovespa avança 1,28% com cenário político e aceno de Trump ao acordo comercial


Sobre o autor