Dólar e Câmbio

Dólar cai 0,7% e fecha a R$ 5,67 fazendo uma sessão de realização de lucros

Por Fast Trade
06 janeiro 2022 - 19:00 | Atualizado em 06 janeiro 2022 - 19:48
Créditos: shutterstock.com

O dólar comercial fechou em queda de 0,7% nesta quinta-feira (06), na cotação de R$ 5,6770 na venda, concluindo uma sessão de realização de lucros. Na véspera, a divisa americana disparou após a ata da última reunião do Federal Reserve revelar que o ciclo de alta nos juros pode acontecer já no primeiro semestre.

No entanto, hoje, o índice de gerente de compras (PMI) do setor de serviços caiu de 69,1 pontos em novembro, para 62 pontos em dezembro, minando a ideia de antecipar o aperto da política monetária.

+ O que ninguém te conta sobre os investimentos em ações

O indicador ajudou a aliviar a pressão sobre o câmbio, impulsionando uma leve recuperação para a moeda brasileira. Contudo, o clima de cautela ainda permanece em atenção ao relatório de empregos (payroll), que será divulgado amanhã e deve movimentar as negociações.

No mercado local, a agenda econômica também gerou repercussões. A produção industrial recuou 0,2% em novembro, no sexto mês consecutivo de perdas para o setor. Desse modo, é provável que a indústria encerre o quarto trimestre com uma contração de 1,5%, o que acaba refletindo na baixa de 0,2% do PIB.

Segundo especialistas, com outros setores também passando por dificuldades, a tendência é que o resultado dos últimos meses de 2021 seja ainda mais fraco do que estimado.

Juros futuros recuam refletindo os dados do IGP-DI

Os contratos de juros futuros encerraram com redução nas taxas em todos os períodos, refletindo os dados mais fracos do Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna (IGP-DI). Nesse sentido, a queima de prêmio de risco se espalhou pelos vértices ao longo da curva, com os investidores precificando os dados de inflação.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Além disso, tem um ajuste ocorrendo nos DIs e as taxas de prazos mais longo absorveram o movimento com maior intensidade, fechando praticamente estáveis. Os riscos fiscais também continuam fazendo preço, à medida em que não se sabe como o governo vai lidar com as pressões do funcionalismo público.

O DI abril/2022 recuava a 10,75% (10,80 no ajuste anterior), o DI julho/2023 caiu para 11,95% (11,98% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 declinou a 11,32% (11,30% no ajuste anterior).

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Dólar cai 0,7% e fecha a R$ 5,67 fazendo uma sessão de realização de lucros

Leia também:

Ações do Carrefour disparam de olho na proposta de aquisição pelo Auchan

Credit Suisse vê recuperação “suave” do mercado de bebidas alcoólicas no 4º tri

Cade autoriza Stone a adquirir 50% do capital da plataforma Reclame Aqui


Sobre o autor